Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
4

ÁRBITRO SALVA NEGÓCIO ORIENTAL

A Coreia do Sul está nos quartos-de-final do Campeonato do Mundo, depois de derrotar (2-1) a Itália, com um golo no prolongamento, apontado por Jung-Hwan Ahn ao minuto 117.
19 de Junho de 2002 às 00:15
Os italianos já se preparavam para as grandes penalidades, mas o negócio da organização ficou salvo com o triunfo dos anfitriões. O árbitro ajudou.


Logo aos quatro minutos os coreanos beneficiaram de um penálti (este justo), que Ahn se encarregou de marcar. No entanto, Buffon efectuou uma espectacular defesa, impedindo a inauguração do marcador.


Vieri colocou a Itália em vantagem, aos 18 minutos, correspondendo da melhor forma à marcação de um canto. Até ao final do tempo regulamentar, a Itália esteve sempre em vantagem, mas a dois minutos do fim, Seol empata a partida.


No prolongamento, a Itália voltou a ter razões de queixa da arbitragem. O juiz não assinalou um penálti sobre Totti e acabou por expulsá-lo injustamente, pois a falta existiu.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)