Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
1

ÁRBITROS AMEAÇAM COM MEDIDAS DRÁSTICAS

A Associação Portuguesa de Árbitros de Futebol (APAF), em comunicado divulgado esta terça-feira, exigiu um inquérito "rigoroso" aos acontecimentos em redor do 'clássico' na Luz, pediu "punição exemplar" a quem teve comportamentos criticáveis e avisou que os árbitros estão disponíveis para "tomar posições drásticas e objectivas" em defesa da sua honra.
19 de Outubro de 2004 às 18:06
Num comunicado com 7 pontos, a APAF reagiu à polémica criada pelo facto de o árbitro Olegário Benquerença não ter validado um golo ao Benfica no duelo com o FC Porto na Luz, no passado domingo. Recorde-se que a direcção do Benfica queixou-se de "roubo" e o administrador da SAD 'encarnada' José Veiga chegou mesmo a sugerir que fossem investigadas as prendas do árbitro. É que Benquerença festejou o seu aniversário na segunda-feira, dia seguinte ao jogo.
De acordo com a APAF, os factos verificados logo após o fim do jogo demonstram - e citamos - "a gritante falta de lucidez e discernimento dos seus protagonistas e sentimento de impunidade dos prevaricadores perante atitudes idênticas".
Assim, a associação dos árbitros pede que os dirigentes do futebol tenham mais educação e controlo de atitudes e exige à Liga Portuguesa de Futebol um rigoroso inquérito a tudo o que se passou e a punição exemplar de todos aqueles sobre os quais se prove que tiveram comportamentos criticáveis. A APAF chega ao pormenor de pedir que o castigo sehja aplicado a nível desportivo e pecuniário.
Para dar força a estas exigências, a APAF garante que os árbitros de primeira categoria estão preparados para tomar medidas drásticas por forma a restituir credibilidade ao sector. Questionado pela Rádio TSF, o presidente da APAF explicou que essas medidas podem passar pela falta de comparência de árbitros em jogos do Benfica, nomeadamente no Estádio da Luz. A oportunidade para isso surge já no próximo domingo, na recepção do Benfica ao Nacional (19h45). Aguardemos...
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)