Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
2

Árbitros interrogados na Madeira

O ‘Apito Dourado’ regressou à Madeira. A mediática investigação sobre alegados casos de corrupção no futebol português voltou a direccionar-se para o panorama futebolístico madeirense, sendo que ontem, uma equipa da PJ do Funchal, requisitou a presença para interrogatório de dois juízes com assento na Associação de Futebol da Madeira.
10 de Janeiro de 2006 às 00:00
O primeiro a ser auditado foi Luís Gaspar, árbitro de III categoria, que está filiado na AFM e, curiosamente, foi quarto árbitro na recente desafio entre Nacional e Vitória de Setúbal, disputado na passada sexta-feira, na Choupana.
Já durante a parte da tarde, foi a vez do madeirense Luís Costa ter sido indigitado a prestar declarações. Actualmente inserido no quadro regional, este árbitro foi ouvido por factos relativos aquando da sua presença como assistente de III categoria. De resto, perspectiva-se que mais elementos tenham sido notificados a prestar depoimentos nos próximos dias.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)