Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
3

Armstrong pode perder medalha de Jogos Olímpicos

O ciclista norte-americano Lance Armstrong, desclassificado das suas sete vitórias no Tour pelo envolvimento com doping, lidera a lista de desportistas mais antidesportivos publicada esta sexta-feira pela revista 'Sports Illustrated' e deve ficar sem bronze de Sydney2000.
30 de Novembro de 2012 às 20:52
Lance Armstrong lidera lista do maior antidesportista do ano
Lance Armstrong lidera lista do maior antidesportista do ano FOTO: Reuters

O antigo ciclista norte-americano Lance Armstrong ficará a saber na próxima semana se perde a medalha do bronze de Sydney2000, com o Comité Olímpico Internacional (COI) a garantir esta sexta-feira que quer pôr um ponto final no caso.

"A direcção vai considerar este caso. Estamos a seguir uma política de tolerância zero quanto ao doping", disse Thomas Bach, vice-presidente do COI, à Associated Press, com outro dirigente, o britânico Craig Reedie a assumir: "Precisamos de deixar isto para trás."

O organismo abriu um inquérito no mês passado depois da Agência norte-americana antidopagem (USADA) ter condenado o séptuplo vencedor do Tour (1999 a 2005) pelo envolvimento no esquema de doping "mais sofisticado" do desporto com a perda de todos os resultados desportivos.

O comité pode retirar ao norte-americano o bronze conquistado há 12 anos no contra-relógio dos Jogos Olímpicos de Sydney ou esperar mais umas semanas até que a União Ciclista Internacional (UCI) comunique oficialmente a perda de todos os títulos.

Os advogados da entidade estão a estudar como contornar a regra que estabelece que os resultados olímpicos só podem ser revogados num período de oito anos.

Além do caso do anterior recordista de vitórias do Tour, o COI está a analisar o caso do seu compatriota Levi Leipheimer, bronze no contra-relógio de Pequim2008, que confessou o uso de doping quando testemunhou contra Armstrong no processo da USADA.

Em Agosto, o COI retirou ao norte-americano Tyler Hamilton, antigo colega de Armstrong, a medalha de ouro conquistada no "crono" em Atenas2004, depois de este admitir que recorreu a práticas dopantes.

ARMSTRONG ANTIDESPORTISTA DO ANO

O ciclista norte-americano Lance Armstrong, desclassificado das suas sete vitórias no Tour pelo envolvimento com doping, lidera a lista de desportistas mais antidesportivos publicada esta sexta-feira pela revista 'Sports Illustrated' "Por estes dias parece que para cada herói do desporto, há um batoteiro. Para cada bom desportista, um mau. Seja por tentar enganar o sistema, por gritar obscenidades aos espectadores ou dirigir comentários racistas a um adversário, os atletas deram aos adeptos diversas amostras de estupidez para aguentar este ano", justificou a publicação norte-americana, que habitualmente distingue os desportistas com mais 'fair play'.

O primeiro dos 14 eleitos para o "troféu jogo sujo" é Lance Armstrong, o séptuplo vencedor do Tour (1999 a 2005) condenado pela Agência norte-americana antidopagem (USADA) pelo envolvimento no esquema de doping "mais sofisticado" do desporto com a perda de todos os resultados desportivos.

"Antigos companheiros seus admitiram que Armstrong não só usava constantemente esteróides (para melhorar o seu rendimento), como praticamente os forçava a fazer o mesmo, embora nunca o tenha admitido", explica a revista que há excatamente dez anos premiou o texano pelo seu ‘fair play’.

Entre os 14 está o brasileiro Luiz Adriano, futebolista do Shakhtar Donetsk que, no encontro da Liga dos Campeões com o Nordsjaelland, marcou um golo não respeitando a devolução da bola ao adversário.

Da lista também fazem parte o futebolista inglês John Terry, sancionado por insultos racistas, as equipas de badminton dos Jogos Olímpicos, que combinaram resultados para ter adversários mais fáceis, e o atleta argelino Taoufik Makhloufi, que em Londres2012 simulou uma lesão antes das meias-finais dos 800 metros de modo a guardar energia para a final dos 1500, que ganhou por grande margem.

CICLISMO ARMSTRONG DOPING REVISTA EUA
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)