Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
3

Ataque cerrado às jóias da águia

Benfica e FC Porto disputam já no próximo dia 7 de Agosto a Supertaça, mas o ataque à espinha dorsal da equipa encarnada, que na época passada interrompeu o domínio dos dragões, tem posto em sobressalto o técnico Jorge Jesus.
23 de Julho de 2010 às 00:30
O brasileiro Ramires está de saída da Luz e Fábio Coentrão pode ser o próximo
O brasileiro Ramires está de saída da Luz e Fábio Coentrão pode ser o próximo FOTO: Paulo Calado/Record

As garantias dos altos comandos de que não haverá mais saídas de jogadores nucleares sucedem-se, mas o mercado continua em aberto, devido a indefinições em grandes clubes de Espanha, Inglaterra e Alemanha, que têm como protagonistas alguns dos actuais pupilos de Jorge Jesus.

Fábio Coentrão, revelação do Mundial 2010, tem uma cláusula de 30 milhões de euros, e o Bayern de Munique já ofereceu 20 milhões, mais jogadores. Por agora, a resposta foi negativa, mas o CM sabe que os alemães estão na disposição de aumentar a oferta. Nestas condições, segundo as fontes contactadas, seria impossível travar a marcha de Fábio Coentrão.

Di María, que foi determinante no sucesso alcançado na época passada, já saiu (o Real Madrid pagou 25 milhões de euros), e Ramires deve ser o próximo (Chelsea).

Do núcleo-duro há ainda David Luiz, cuja cláusula de rescisão é de 50 milhões, mas que pode sair por 40 milhões. "Se me chamassem do Real Madrid? Sou do Benfica, mas tudo na vida acaba, e há pessoas capacitadas para resolver para sim ou para não" disse ontem o central, abrindo portas à saída.

"JORGE JESUS FOI O MELHOR QUE CONHECI"

Carlos Martins garantiu ontem que Jorge Jesus foi o melhor treinador que teve ao longo da carreira, e vincou o facto de na passada temporada o Benfica ter entrado sempre em campo para ganhar, quer fosse para o campeonato ou para a Liga Europa.

O nº 17 das águias argumentou que o técnico fala a linguagem dos jogadores, algo que considerou como "muito importante".

"Basta um olhar dele e uma palavra. E por falar a nossa linguagem nós percebemos, chega-nos cá. Com isto eu não estou a tirar mérito a outros treinadores que tive, mas identifico-me mais com Jorge Jesus", justificou o médio dos encarnados.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)