Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
3

Até Griezmann pôs fim a seca de golos

Franceses com ataque a mais para a defesa italiana.
Sérgio A. Vitorino 2 de Junho de 2018 às 09:28
Até Griezmann pôs fim a seca de golos
Até Griezmann pôs fim a seca de golos
Até Griezmann pôs fim a seca de golos
Até Griezmann pôs fim a seca de golos
Até Griezmann pôs fim a seca de golos
Até Griezmann pôs fim a seca de golos
Até Griezmann pôs fim a seca de golos
Até Griezmann pôs fim a seca de golos
Até Griezmann pôs fim a seca de golos
Até Griezmann pôs fim a seca de golos
Até Griezmann pôs fim a seca de golos
Até Griezmann pôs fim a seca de golos
Um jogo intenso e cheio de oportunidades, esta sexta-feira à noite, em Nice, em que a vitória justa da França sobre a Itália (3-1) se deveu à velocidade endiabrada do ataque francês e consequente atrapalhação da defesa italiana.

Aquela que era a principal característica dos transalpinos perdeu-se na renovação agora imposta após terem ficado fora do Mundial. E os ‘azuis’ afirmam-se favoritos.

Dembelé, Mbappé e Griezmann espalharam o terror na antiga fortaleza italiana. Mas o primeiro golo, aos 8’, foi do central Umtiti. Os italianos desorientaram-se e quase sofreram aos 20’ (poste), 21’ e 26’.

Até que aos 29’ Griezmann pôs fim ao jejum de 4 jogos pela seleção e fez o 2-0 de penálti. A reação italiana veio aos 34’, com Bonucci a aproveitar uma defesa para a frente de Lloris.

A Itália entrou mais perigosa na 2.ª parte. Mas Dembelé, no contragolpe, acertou na barra (47’) e marcou (3-1) aos 63’.
Nice França Umtiti Dembelé Mundial Bonucci Lloris Griezmann Mbappé desporto futebol
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)