Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto

ATENAS 2004 É O OBJECTIVO

Desconhecida da maioria do público, a equitação adaptada (dedicada a pessoas deficientes) é uma das modalidades que integra os Jogos Paralímpicos e tem cerca de 330 praticantes em Portugal.
17 de Setembro de 2002 às 22:37
Pela primeira vez, o nosso País organiza uma competição de índole europeia, que tem lugar no Hipódromo da Bairrada, em Anadia, onde a qualificação para os paralímpicos de 2004 é o principal objectivo.

Durante os quatro dias de prova estarão presentes 60 conjuntos (cavaleiro/cavalo) provenientes de 14 países europeus (Rússia, Polónia, Dinamarca, Suécia, Noruega, Grã-Bretanha, Bélgica, Alemanha, França, Espanha, Itália, Holanda, Aústria e Portugal) e três convidados, Estados Unidos, Canadá e Israel.

A delegação portuguesa, que foi alvo de uma selecção feita pela comissão técnica, de acordo com as regras da IPEC (Internacional Parolympic Equestrian Committee), é composta por cinco cavaleiros: Sara Duarte, Nuno Costa, Mónica Monteiro, Carlos Baptista e Filipe Teixeira, o actual campeão nacional da modalidade.

Para os "protagonistas" nacionais as “facilidades são inexistentes”, como confessa Carlos Lopes. “Os apoios financeiros para um campeonato desta natureza são totalmente nulos, por parte da Federação Portuguesa de Desporto para Deficientes e da Federação Equestre Portuguesa. Portugal só conseguiu trazer o Europeu porque granjeou a confiança dos organismos internacionais ligados a esta modalidade”, afirmou.

O interesse do nosso País na realização deste campeonato advém do aumento das possibilidades dadas aos cavaleiros nacionais de se qualificarem para o Mundial de 2003, na Bélgica, e para os Jogos Paralímpicos de 2004, em Atenas. "Tal não seria fácil para a maioria, devido à falta de verbas”, salientou ainda Carlos Lopes. De acordo com os organizadores, “os benefícios alcançados na prática regular desta modalidade desportiva, para além da melhoria nas disfunções dos atletas, permite-lhes uma evolução desportiva, que faz com que sejam seleccionados para participar neste tipo de competições".

As provas estão divididas em quatro grupos - "Warm-up, Provas Individuais, Freestyle com música e Prova de Equipa - e são disputadas mediante o grau de deficiência
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)