Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
7

Atentado de Green

Inglaterra e EUA não foram além de um empate (1-1) na partida inaugural do Grupo C, disputada no Royal Bafokeng, em Rustenburg. Num jogo envolto por fortes medidas de segurança, precavendo um eventual ataque terrorista, o único ‘atentado’ coube a Robert Green, principal responsável pelo resultado final. Mas vamos por partes.
13 de Junho de 2010 às 00:30
O norte-americano Onyewu salta sobre o britânico Emile Heskey
O norte-americano Onyewu salta sobre o britânico Emile Heskey FOTO: Paul Buck/Epa

Os britânicos adiantaram-se no marcador logo aos quatro minutos. Na sequência de um lançamento lateral, o veterano Heskey recebe de Lampard e assiste o capitão Gerrard, que bate com simplicidade Tim Howard.

Depois da entrada fulgurosa, a formação de Capello tirou o pé do acelerador, dando a iniciativa do jogo aos adversários, mas sem nunca perder o controlo. Até que Clint Dempsey resolveu mudar o rumo dos acontecimentos. Ou melhor, Robert Green. O médio dos yankees disparou um ‘aparentemente’ inofensivo remate de fora da área aos 40’, mas o guardião do West Ham decidiu apimentar a discussão em torno da titularidade na baliza inglesa, cometendo um erro clamoroso, sério candidato a melhor ‘frango’ do Mundial.

Na segunda parte, jogo mais partido e mexido, com boas oportunidades para os dois lados. No final, o empate acaba por ser o resultado mais justo.

TERRORISMO: ATRASO

A ameaça terroristas no Inglaterra--EUA obrigou a um trabalho minucioso das equipas de minas e armadilhas. O Estádio de Rustemburgo abriu com 80 minutos de atraso

ENYEMA: "MELHORAR"

Queríamos fazer um resultado diferente, mas vamos melhorar. Acredito que vamos passar à segunda fase", disse Enyeama, guardião da Nigéria, após a derrota com a Argentina (1-0) 

FRANÇA: 18 MILHÕES

O jogo França-Uruguai, que terminou com empate a zero, levou 18 milhões de franceses a estarem agarrados à televisão. Valor que surpreendeu perante descrédito da França na equipa

MÉXICO: MASSAGENS

O defesa Rafael Marquez, autor do golo mexicano no empate (1-1) com África do Sul, só fez massagens enquanto os restantes companheiros treinavam

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)