Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto

Aumento: Sá Pinto vai ganhar 700 mil euros por ano

Sá Pinto vai ser aumentado após a final da Taça de Portugal (amanhã, frente à Académica) e passará a ganhar uma verba na ordem dos 700 mil euros ilíquidos por ano, apurou o Correio Sport.
19 de Maio de 2012 às 15:00
Embora Sá Pinto tenha assinado contrato até 2012/13, Godinho Lopes já admitiu publicamente que o técnico irá ficar no clube até 2014
Embora Sá Pinto tenha assinado contrato até 2012/13, Godinho Lopes já admitiu publicamente que o técnico irá ficar no clube até 2014 FOTO: Pedro Ferreira/Record

O treinador dos leões trabalhou durante os primeiros três meses no plantel principal ainda com as condições de responsável pelos juniores a vigorar. Pelo que o Sport apurou, ganhava cerca de cinco mil euros por mês. Contudo, os bons resultados obtidos e a excelente adaptação aos seniores levaram a SAD a rever-lhe as condições.

Embora Sá Pinto tenha assinado contrato até 2012/13, Godinho Lopes já admitiu publicamente que o técnico irá ficar no clube até 2014. Segundo as fontes contactadas, os dirigentes acreditam que pode ser um treinador para muitos anos em Alvalade pela cumplicidade que consegue estabelecer com os jogadores. Também a empatia gerada com os adeptos é um ponto a favor, facto que tem contribuído para chamar gente a Alvalade. Além disso, Sá Pinto começa a despertar interesse noutros mercados. O Olympiakos, da Grécia, já se inteirou sobre a situação do técnico, que, por agora, apenas quer ouvir falar do Sporting.

A mística e carisma do antigo internacional também são aspectos que muito agradam à estrutura leonina, bem como o conhecimento do sector da formação, articulação previsível com a equipa B e gestão do balneário, que voltou a estar unido após os maus resultados que levaram ao despedimento de Domingos Paciência.

Ver comentários