Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
6

Bacca volta à rota do Dragão

Carlos Bacca, goleador, de 24 anos, do Júnior de Barranquilla (Colômbia), voltou à mira do FC Porto. O motivo é o assédio do Atlético de Madrid a Radamel Falcão. O treinador Vítor Pereira não acredita que o FC Porto consiga segurar ‘El Tigre’, por isso pediu ao clube para contratar Bacca, um avançado que apontou 18 golos na época passada.
12 de Agosto de 2011 às 00:30
Carlos Bacca, de 25 anos (com a bola, na foto), brilhou na época passada, com 18 golos
Carlos Bacca, de 25 anos (com a bola, na foto), brilhou na época passada, com 18 golos FOTO: direitos reservados

Os dragões já se movimentam para garantir o direito de preferência numa futura transferência de Bacca, que está ligado ao Júnior de Barranquilla até 2013. O emblema azul-e-branco vai oferecer dois milhões pelo direito de preferência e, ainda, a promessa de mais quatro milhões pela contratação a título definitivo.

O representante do jogador, Helmut Vennin, já disse publicamente que Bacca não ficará na Colômbia para além de Dezembro. O próprio avançado confirmou à imprensa colombiana que espera jogar, "no máximo, só mais um semestre" em Barranquilla.

O Sporting sondou Bacca em Maio deste ano. Seguiu-se o FC Porto, em Junho, sem que tenha sido apresentada qualquer proposta oficial. Agora, os dragões têm pressa de oficializar o interesse no jogador, tendo em vista a provável saída de Falcão.

"SOMOS OS MAIS FORTES"

Jorge Fucile disse, ontem, que o FC Porto "terá de ser mais forte do que na final da Supertaça" se quiser vencer na visita ao V. Guimarães, domingo à noite (19h00, Sport TV1). "Vai ser um jogo difícil, frente a uma equipa que, para mim, é um grande de Portugal", frisou.

Apesar das cautelas, o defesa crê que o FC Porto vai "ganhar tudo" e revalidar, nesta época, o título de campeão nacional. "Somos os detentores do título e somos, naturalmente, favoritos, mesmo sabendo que o Campeonato será mais competitivo e equilibrado. Somos mais fortes que todos os rivais", frisou.

O jogador afirmou ainda que está disposto a jogar "tanto na direita como na esquerda".

BACCA FC PORTO MERCADO FUTEBOL FUCILE CAMPEONATO
Ver comentários