Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
4

Baptismo de surf para deficientes

Sessenta jovens e adultos com deficiência intelectual e multideficiência tiveram na última quarta-feira o seu baptismo de surf e o seu primeiro contacto com este desporto na praia de Supertubos, em Peniche, aproveitando a realização do campeonato mundial da modalidade.

14 de Outubro de 2010 às 11:29
Baptismo de surf para deficientes
Baptismo de surf para deficientes FOTO: Carlos Barroso

Os deficientes, com idades entre os 16 e aos 40 anos, pertencentes a instituições de Estremoz, Oliveira de Azeméis, Peniche, Cascais, Azambuja, Nazaré e Sintra, participaram na primeira de várias rondas por praias do país, promovida pela FENACERCI - Federação Nacional de Cooperativas de Solidariedade.

Joaquim Pequicho, vogal da direcção da federação, explicou ao CM que a actividade de surf "traz benefícios ao nível da reabilitação física e do ponto de vista da integração social e contacto com a natureza".

Eduardo Lopes, de 35 anos, utente do Centro de Educação para o Cidadão Deficiente de Mira-Sintra, disse ao CM que gostou da experiência. Reconheceu dificuldade em se equilibrar em cima da prancha, pelo que entrou na água sentado. "Foi bom", declarou.

Pedro Jordão, 28 anos, da mesma instituição, disse que sabe nadar e não tem medo das ondas. "É engraçado vestir o fato de surf", comentou, acrescentando: "Gostava de ser surfista, acho que tenho jeito, equilibro-me bem e não caio".

Apesar de gostar mais de praticar futebol, Fátima Duarte, 35 anos, já tinha experimentado fazer surf em Carcavelos, mas foi para água "deitada na prancha", porque "as ondas metem respeito e algum medo".

Também o actor Pedro Lima esteve na quarta-feira na praia de Supertubos a praticar surf, aproveitando uma pausa nas gravações da telenovela "Espírito Indomável", em exibição na TVI.

Apaixonado pela modalidade, revelou ser surfista "desde os 12 anos" e ser um praticante "regular". "Alguns dos protagonistas do surf nacional são meus amigos e sou embaixador da marca patrocinadora do campeonato mundial a decorrer em Peniche", disse.

"É um espectáculo bonito. Tenho acompanhado as provas e só por motivos profissionais é que não venho ver. Mas as gravações da telenovela são em Coruche e não fica muito longe de Peniche", referiu, adiantando que não se fez acompanhar de colegas actores porque "não tenho muitos que façam surf".

Pedro Lima participou em duas acções na praia de Supertubos. A primeira promovida pela Boundi, um projecto de responsabilidade social de preservação das praias, recolha de lixo e com preocupações ecológicas. A segunda foi o baptismo de surf dos deficientes com dificuldades cognitivas e motoras.

O actor andou a recolher lixo na praia e interagiu com os deficientes na água, mostrando a sua satisfação por ali estar. "Basta olhar para o sorriso deles para perceber que está a ser uma experiência muito intensa", comentou.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)