Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
3

Basquetebol fecha sem campeões devido à pandemia de coronavírus

Andebol, hóquei em patins e voleibol também cancelados.
Lusa 29 de Abril de 2020 às 20:16
Bolas de basquetebol
Bolas de basquetebol FOTO: Getty Images
A Federação Portuguesa de Basquetebol (FPB) deu esta quarta-feira por finalizadas, sem campeões, todas as competições de seniores, basquetebol de cadeira de rodas e Masters da Época 2019/2020, por culpa da pandemia de covid-19.

Depois do comunicado conjunto que cancelou também andebol, hóquei em patins e voleibol, a FPB, que já havia fechado as provas das camadas jovens, especificou, também em comunicado, o final de todas as suas competições, explicando que não haverá "mais qualquer jogo até ao final da presente época".

Na temporada 2019/20 "não será atribuído qualquer título de campeão nacional, em nenhuma categoria", "não haverá descidas de divisão" e "haverá competições de apuramento para as subidas de divisão em todos os níveis competitivos".

As exceções são a subida do Imortal à Liga e do Galitos à Liga feminina, depois de terem terminado no primeiro lugar a fase regular da Proliga e do campeonato nacional da primeira divisão feminina, respetivamente.

Os direitos desportivos perdidos à data da suspensão das provas também são válidos para a época 2020/21, nomeadamente a descida do Terceira (14.º da fase regular da Liga) à Proliga e do Angrense e do Sporting de Braga ao campeonato nacional da primeira divisão.

As competições de apuramento para as subidas de divisão, que serão alvo de um comunicado nos "próximos dias", "iniciar-se-ão em setembro, terão participação facultativa e serão disputados com os agentes desportivos inscritos na época 2020/21".

Em relação às competições europeias de 2021/21, "a ordem de prioridade a comunicar à FIBA, relativamente ao setor masculino, terá por base a classificação da fase regular à data da suspensão das competições", que era liderada pelo Sporting, com 43 pontos, contra 42 do Benfica, 40 do FC Porto e 36 da Oliveirense.

"No setor feminino, e porque o vencedor da Taça de Portugal tem direito a participar nas competições europeias, o vencedor desta competição tem a primeira prioridade, seguindo-se os clubes por ordem da classificação da Liga Feminina à data da suspensão das competições", explica o comunicado da FPB.

O Quinta dos Lombos venceu a edição 2019/20 da Taça de Portugal feminina, enquanto a Liga, com 20 de 22 jornadas disputadas, era liderada pelo Olivais, seguido por Quinta dos Lombos, União Sportiva, GDESSA Barreiro e Benfica.

"Excecionalmente para a época 2020/2021, os clubes que entendam não estar em condições para participar no nível competitivo para o qual têm direito desportivo, podem inscrever-se num nível abaixo sem qualquer penalização desportiva ou disciplinar", avança ainda a FPB.

O comunicado esclarece que "esta medida só abrangerá os clubes que formalizarem esse interesse até ao dia 15 de junho de 2020", sendo que "findo esse prazo, e no caso de desistência, os clubes serão sujeitos aos procedimentos desportivos e disciplinares constantes dos Regulamentos da FPB".

A terminar, fica ainda a nota de que "todas as datas mencionadas" no comunicado "são passiveis de alterações, face ao acompanhamento que a FPB vai fazendo sobre o estado da situação da pandemia de covid-19".

A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia de covid-19 já provocou mais de 217 mil mortos e infetou mais de 3,1 milhões de pessoas em 193 países e territórios.

Perto de 860 mil doentes foram considerados curados.

Em Portugal, morreram 973 pessoas das 24.505 confirmadas como infetadas, e há 1.470 casos recuperados, de acordo com a Direção-Geral da Saúde.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)