Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto

Beckenbauer diz ter menos confiança na FIFA

O alemão Franz Beckenbauer, membro do comité executivo da FIFA, afirmou esta terça-feira ter menos confiança no organismo, depois de este ter designado a Rússia e o Qatar como organizadores dos Mundiais de futebol de 2018 e 2022.
14 de Dezembro de 2010 às 17:06
Franz Beckenbauer diz-se "desapontado com a maneira como a FIFA se comportou"
Franz Beckenbauer diz-se 'desapontado com a maneira como a FIFA se comportou' FOTO: Reuters

"Tenho menos confiança na FIFA. Estou desapontado com a maneira como a organização se comportou ao comunicar os resultados após a votação" a 2 de Dezembro,  afirmou Beckenbauer, um dos 22 membros do comité executivo que votaram. 

De acordo com Beckenbauer, foram "ridicularizados os sete países que perderam [entre os quais a candidatura ibérica Portugal-Espanha]. Sobretudo a Inglaterra e a Austrália".  

Na votação, a candidatura de Inglaterra obteve somente dois dos 22 votos, enquanto a Austrália só recebeu um.  

"Fomos informados que nem os próprios membros do comité executivo, nem  o público saberiam o número exacto de votos. Disseram-nos que não revelariam,  após a votação, o nome do país eliminado. E depois, algumas horas mais tarde, ouvi na rádio o número de votos que cada um teve", expressou com surpresa  Beckenbauer, que deixa funções na FIFA em Março.  

Franz Beckenbauer FIFA Mundial Rússia Qatar
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)