Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
7

Benfica acusa RTP de "falta de isenção" por causa de Pichardo

Clube das águias condenou os comentários de Luís Lopes durante o Europeu de atletismo.
12 de Agosto de 2018 às 22:53
Através do seu site oficial, o Benfica condenou os comentários de Luís Lopes durante o Europeu de atletismo, nomeadamente devido às considerações feitas a propósito de Pedro Pablo Pichardo durante a final do triplo salto, este domingo  conquistada por Nelson Évora. Para mais, o clube da Luz fala mesmo em "comportamento xenófobo e racista inaceitável" em relação ao luso cubano, prometendo "formalmente denunciar junto da RTP esta atitude".

Leia o comunicado:

"Os comentários de Luís Lopes sobre as incidências do Europeu de Atletismo, na RTP, colocando em causa a naturalização do atleta Pedro Pablo Pichardo, que detém a melhor marca do mundo em 2018 no triplo salto, assim como a sua postura discriminatória em relação aos atletas do Sport Lisboa e Benfica durante a competição de Berlim, são inqualificáveis e intoleráveis num canal público de televisão, ainda mais porque não são inéditas por parte de alguém que é encarado como "especialista".

O Clube critica veementemente este comportamento xenófobo e racista inaceitável e irá formalmente denunciar junto da RTP esta atitude absolutamente deplorável que revela total falta de isenção e até de cultura desportiva.

Recorde-se que Pedro Pichardo foi impedido de participar no Campeonato da Europa pela IAAF e não pela Federação Portuguesa de Atletismo. A FPA, após um período de hesitação institucional, tudo tem feito nas últimas semanas para normalizar a situação competitiva de um atleta de enorme valia e reconhecimento internacional, que irá de encontro ao interesse nacional.

O SL Benfica está confiante que Pedro Pichardo tem todas as qualidades para levar o atletismo português a um patamar superior na disciplina do triplo salto."
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)