Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto

Benfica ameaça processar arbitragem

O Benfica está a ponderar agir criminalmente contra a equipa de arbitragem liderada por Pedro Henriques. Em causa está a expulsão do capitão da equipa, Nuno Gomes, após o final do jogo frente ao Nacional (0-0).
23 de Dezembro de 2008 às 08:10
Nuno Gomes, capitão do Benfica, foi expulso após o jogo
Nuno Gomes, capitão do Benfica, foi expulso após o jogo FOTO: Lusa

O anúncio foi feito pelo próprio clube, segundo o qual, caso os argumentos invocados para justificar a expulsão do jogador sejam falsos, agirá criminalmente contra os juízes do jogo.

Segundo o director de comunicação do clube, João Grabriel, “não foi dada qualquer explicação quer ao clube, quer ao atleta, dos motivos dessa expulsão, aliás desconhecida de todos os intervenientes do jogo”.  

“Mais, o jogador em momento algum se cruzou com a equipa de arbitragem no final do jogo”, sublinha João Gabriel.

“Por isso, o Benfica e o jogador reservam-se ao direito de agir criminalmente contra a equipa de arbitragem se verificarem que esta faltou à verdade ao invocar acontecimentos ou acções desconhecidas e não praticadas pelo atleta”, avisa o responsável do clube.

 

 

 

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)