Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
7

Benfica ataca jackpot de 43 milhões na Champions

Luís Filipe Vieira garantiu compensação de quatro milhões de euros ao plantel pela qualificação para a fase de grupos.
Francisco Laranjeira 29 de Agosto de 2018 às 01:30
Benfica
Rúben Dias
Benfica
Lucescu
Léo Matos
Benfica
Rúben Dias
Benfica
Lucescu
Léo Matos
Benfica
Rúben Dias
Benfica
Lucescu
Léo Matos
O Benfica tem, esta noite, um jogo essencial que pode definir grande parte do resto da temporada. A partir das 20 horas, as águias disputam o jogo da 2ª mão do play-off de acesso à Champions, frente ao PAOK Salónica, na Grécia, depois do empate na Luz (1-1). E o que não falta são motivos para a formação benfiquista ultrapassar este último obstáculo.

Desde logo na vertente financeira, em que o clube da Luz está a 90 minutos (pelo menos) de poder 'forrar' os cofres com cerca de 43 milhões de euros, correspondentes ao prémio de entrada na liga milionária. Consciente da importância em questão, Luís Filipe Vieira garantiu, aliás, um prémio ao plantel de 4 milhões de euros, caso confirme a presença na fase de grupos da Champions.

O Benfica já assegurou 7,9 milhões de euros, correspondentes à presença no play-off e, em caso de eliminação, tem garantida a qualificação para a Liga Europa. No entanto, o jackpot da Champions é uma das metas primordiais para 2018/19.

A liga milionária não é feita só de euros. O prestígio desportivo do Benfica está em causa, depois da prestação paupérrima na época transata, em que a equipa perdeu todos os jogos da fase de grupos. É, pois, ocasião de os jogadores mostrarem que se tratou de um acidente de percurso e dar uma imagem mais positiva, o que trará reflexos na sua valorização no mercado de transferências.

Pensamento semelhante terá Rui Vitória, cujo percurso na Luz pode ficar tremido caso falhe a qualificação. A presença na fase de grupos da Champions pode inclusive fazer a SAD abrir os cordões à bolsa neste mercado, quando faltam 2 dias para o fecho. São vários os ingredientes para uma jornada europeia de superação. Têm a palavra os jogadores do Benfica.

"Salvio está disponível"
Rui Vitória praticamente garantiu o regresso de Salvio ao onze do Benfica para o jogo de hoje. "Já treinou, estou em crer que estará disponível para ir a jogo", disse esta terça-feira o técnico na conferência de imprensa de antevisão do jogo com o PAOK.

Com a equipa a precisar de marcar na Grécia, o treinador acredita que o Benfica vai conseguir o objetivo. "Espero um jogo bem disputado, entre duas equipas que entrarão em campo para ganhar. Não creio que o PAOK se vá remeter à defesa. Não é assim que joga normalmente e tem consciência de que o Benfica marca golos em todo o lado", referiu.

O jackpot da Champions é demasiado tentador para ser ignorado, mas Rui Vitória confessou não ser a sua área. "Os jogos são sempre importantes. Quando representamos esta camisola é sempre para ganhar. De gestão percebo, mas o meu foco é a vitória. Até porque nas questões financeiras, olhando para trás, o Benfica recuperou dinheiro que não era normal. A questão financeira não é a minha preocupação", disse o treinador do clube da Luz.

PORMENORES
Com 1-1 no primeiro jogo
O Benfica tem um saldo positivo em eliminatórias europeias nas quais empatou 1-1 em casa nos jogos da 1ª mão. Em cinco ocasiões, seguiu em frente três vezes (Arsenal, Marselha e Leverkusen) e foi eliminado em duas (Újpeste e Bordéus).

Vantagem das águias
Nos duelos entre Benfica e PAOK, a equipa portuguesa tem vantagem. Em cinco jogos as águias venceram três vezes, empataram em uma ocasião e perderam noutra.

Play-off favorável
No único play-off de acesso à fase de grupos da Champions em que interveio (2011/12), o Benfica eliminou o Twente (2-2 fora e 3-1 em casa).

"Prontos para a guerra"
Rúben Dias afiançou que o Benfica "está pronto". "Queremos muito chegar à fase de grupos e, nesta fase, por mais que se pense no desgaste, tudo é ultrapassado. A equipa está pronta e estamos aqui para a guerra", garantiu o defesa-central.

Lucescu atira pressão para o Benfica
"Sabemos que vai ser um jogo muito difícil para nós, mas para o Benfica será um jogo muito, muito difícil. A pressão está do lado deles", disse ontem Razvan Lucescu, treinador do PAOK, na antevisão do jogo de hoje.

"Jogar para ganhar o jogo", diz Léo Matos
"O PAOK vai entrar para ganhar o jogo. É muito difícil jogar aqui, com o estádio cheio. Os jogadores do Benfica vão sentir-se muito desconfortáveis", disse Léo Matos, defesa do PAOK.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)