Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
2

Benfica de olho em Artur Moraes

Artur Moraes está a ser seguido atentamente pelo Benfica, que vê no guarda-redes brasileiro do Sp. Braga uma boa alternativa ao espanhol Roberto.

9 de Abril de 2011 às 00:30
A nova águia ‘Vitória’, que na próxima época vai efectuar o habitual voo antes dos jogos na Luz, foi ontem apresentada. Para já vai treinar intensamente sob orientação do tratador António Carapuço
A nova águia ‘Vitória’, que na próxima época vai efectuar o habitual voo antes dos jogos na Luz, foi ontem apresentada. Para já vai treinar intensamente sob orientação do tratador António Carapuço FOTO: Duarte Roriz

Ao que o CM apurou, o técnico Jorge Jesus tem o brasileiro de 30 anos debaixo de olho desde que este conquistou o lugar de Felipe, que em Janeiro deixou o Minho para rumar ao Flamengo.

"Ninguém do Benfica nos contactou. É um grande clube, mas o Artur está, para já, concentrado nos jogos que faltam até final da época", disse ontem, ao CM, o empresário do guardião brasileiro, Ovidio Colluci, que chegou a Braga proveniente da AS Roma.

O Benfica parece assim querer intrometer-se na renovação do jogador, que até Março era vista como quase certa pela direcção bracarense, liderada por António Salvador.

Agora, no entanto, a posição do representante de Moraes é diferente: "Ele sente--se muito bem em Braga, mas só vamos discutir a renovação depois do último jogo da época."

Roberto tem sido contestado na Luz, devido aos últimos ‘frangos' que protagonizou, na derrota (1-2) diante do FC Porto, para o campeonato, e na vitória (4-1), frente ao PSV Eindhoven, para a Liga Europa. Também no início da temporada, o guardião espanhol cometeu alguns erros, nomeadamente nas derrotas com a Académica, na Luz (1-2), e com o Nacional, fora (1-2).

Nas águias, contudo, ninguém confirma o interesse em Artur Moraes. Jesus, aliás, afirmou logo a seguir ao jogo com os holandeses que vai continuar a apostar em Roberto.

JESUS FOI SUSPENSO POR 11 DIAS

Jorge Jesus foi suspenso por 11 dias pela Comissão Disciplinar da Liga, no âmbito do processo disciplinar de que foi alvo, devido à tentativa de agressão ao jogador Luís Alberto, no final do Benfica-Nacional (4-2), disputado no Estádio da Luz, a 22 de Janeiro. Além da suspensão, o técnico vai ter de pagar uma multa de 7500 euros.

Desta forma, Jesus falha a deslocação de amanhã ao reduto da Naval 1º de Maio e a recepção ao Beira-Mar, a 17 de Abril, mas regressa ao ‘banco' na partida frente ao FC Porto, na segunda mão das meias-finais da Taça de Portugal, a 20 de Abril (Benfica venceu por 2-0 no Dragão).

Em comunicado emitido ontem, o Benfica considera que a suspensão de 11 dias imposta a Jorge Jesus "é injusta" e "não resulta dos factos, mas sim das aparências".

Para as águias, a condenação "acabou por ser inevitável", na medida em que a instrução do processo "foi justificada pela dimensão que o episódio ganhou na comunicação social".

O CM soube que a questão do recurso para o Conselho de Justiça da Federação Portuguesa de Futebol ainda está a ser ponderada pelos dirigentes encarnados.

"MAIS DE 60 MIL A APOIA É FANTÁSTICO"

"Ter mais de 60 mil pessoas a apoiar a equipa [4-1, PSV] após a derrota no domingo [1-2, FC Porto] é algo fantástico. Só temos de agradecer aos adeptos com vitórias destas", disse ontem Fábio Coentrão ao site da UEFA, reconhecendo que depois do desaire com os dragões a equipa ficou "sem moral e com receio". Para o lateral, o objectivo esta época até final é só um: "Vencer todos os jogos e conquistar todas as competições. Estes adeptos só merecem vitórias."

Águia Vitória Benfica
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)