Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
2

Benfica nas meias-finais da Taça da Liga

O Benfica apurou-se para as meias-finais da Taça da Liga, depois de ganhar por 3-0 ao Marítimo, na 3ª jornada da fase de grupos da competição. Nélson Oliveira, aos 13', e Rodrigo, aos 73´ e 80´, fizeram o resultado, que deixa as águias no encalço da quarta Taça da Liga - os encarnados ganharam as últimas três edições da competição.
5 de Fevereiro de 2012 às 22:48
Nélson Oliveira marcou o primeiro golo do encontro
Nélson Oliveira marcou o primeiro golo do encontro FOTO: Paulo Cordeiro/Lusa

Destaque ainda para a estreia de Yannick, que entrou aos 81' e fez um remate frouxo à figura do guarda-redes Salin.

O Benfica justificou inteiramente o triunfo, apesar da boa oposição do Marítimo, que teve também boas situações e a primeira de golo foi mesmo para os insulares, mas Sami, depois de se isolar, permitiu a mancha a Eduardo.

No segundo tempo, o Benfica ficou com a Missão facilitada com a expulsão de Pouga, aos 58´, num lance forçado, apesar de o dianteiro insular ter acertado com o cotovelo em Javi García. Depois, entrou em acção Rodrigo, que foi um suplente de luxo. Entrou aos 67' e no espaço de treze minutos marcou dois golos, um deles [o segundo] no seguimento de excelente jogada colectiva na qual intervieram Nélson Oliveira [o melhor em campo] e Gaítan. Rodrigo desviou de forma perfeita para a baliza.

No final, Yannick falou sobre a estreia pelo Benfica, depois de 161 dias sem jogar: "Estou a começar a habituar-me. Tenho sido recebido de forma fantástica e só posso estar feliz e agradecido. Não jogava há juitos dias e isso ainda pesa um pouco nas pernas. Tive a possibilidade de marcar um golo [para a próxima vou deitar o Estádio abaixo]", disse Yannick Djaló.

Jorge Jesus, treinador do Benfica, referiu: "Os jogos têm 90 minutos, há adversários com valor e períodos de jogo em que os adversários estão melhor, mas o importante é que o Benfica seja uma equipa com poder e qualidade quando sai para o ataque e foi isso que nós fazemos. As grandes equias são assim e dentro desta ideia eram importante pôr a jogar alguns jogadores que não têm tanta intensidade. Ganhei alguns jogadores para o futuro, como o Nélson Oliveira, Capdevila, Jardel e Saviola", O técnico também falou de Yannick: "Djaló entrou quando o resultado está feito, ainda não tem as ideias da equipa, está ainda fora delas mas, quando estiver integrado, vai levar muita velocidade ao ataque."

Sobre Nélson Oliveira, disse que "ainda não sabe fazer devidamente as contemporizações, mas tem enorme potencial."

O Benfica defronta o FC Porto nas meias-finais da Taça da Liga, a 21 de Março no Estádio da Luz.

Nota para o bom jogo do Marítmo, que deixou excelente imagem na Luz, com boa circulação de bola. Pedro Martins, treinador do Marítimo, apelou ao apoio dos adeptos do clube no jogo do próximo sábado para a Liga, frente ao Sporting.

benfica nélson oliveira marítimo taça da liga capdevila
Ver comentários