Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto

BENFICA PEDIU ISENÇÃO DE SISA

O Benfica pediu à câmara de Lisboa a isenção do pagamento de Sisa na transmissão do património imobiliário para a Benfica Estádio S.A., pedido que será analisado hoje pelos vereadores municipais.
19 de Junho de 2002 às 00:17
A recente criação da Sociedade Gestora de Participação Social (SGPS) do Benfica obrigou a que o património do clube fosse transferido do Benfica Clube para uma das novas sociedades, a Benfica Estádio S.A.


Legalmente, a transferência de património obriga ao pagamento de Sisa, no entanto, o Benfica solicitou à Câmara de Lisboa a isenção daquele imposto, tendo como argumento o interesse municipal da transmissão do património imobiliário do clube para a Benfica Estádio S.A.. Caso seja aprovado, o documento seguirá para o gabinete da ministra das Finanças, Manuela Ferreira Leite. É que apesar de a Sisa reverter a favor das autarquias e de ser a terceira maior fonte de rendimento dos municípios, cabe ao ministro das Finanças decidir sobre a concessão da isenção do imposto.


Nem a Câmara Municipal de Lisboa, nem Mário Dias, vice-presidente para a área do património do Benfica, se mostraram disponíveis para prestar declarações.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)