Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
9

Benfica perde na Madeira

Marítimo venceu em casa o Benfica por 2-1. Primeiro golo dos madeirenses foi apontado por pénalti em cima do intervalo. Rodrigo empatou a abrir a segunda parte, mas o Marítimo voltou a bater Artur.
18 de Agosto de 2013 às 19:41
Foi assim que Derley festejou o primeiro golo do jogo
Foi assim que Derley festejou o primeiro golo do jogo FOTO: Homem de Gouveia/Lusa

E já são 9 os anos em que o Benfica não vence na jornada inaugural do campeonato! Esta noite, nos Barreiros perante o Marítimo, o cenário foi ainda pior que em anos recentes, pois saiu derrotado (2-1).

Na primeira metade, o jogo teve baixa qualidade, com escassos momentos de emoção, ainda assim com os madeirenses a saírem em vantagem para o intervalo. No entanto, foram os encarnados a disporem da primeira ocasião de golo, aos 10´, através de um golpe de cabeça de Garay, que passou a centímetros do travessão. Logo depois, Ruben Ferreira cruzou largo para a área lisboeta, onde surgiu Artur a rematar com perigo para a baliza benfiquista.

O conjunto de Jorge Jesus foi mais forte, mas o Marítimo esteve bem desenhado defensivamente e colocou muitas dificuldades aos atacantes lisboetas em arranjarem espaços para chegarem com perigo à baliza de José Sá. À beira do intervalo, Artur derrubou Derley na área e Jorge Sousa assinalou (bem) a respetiva grande penalidade. O atacante brasileiro não desperdiçou a oportunidade e bateu Artur, selando a vantagem aos madeirenses ao intervalo.

Na etapa final, Jorge Jesus promoveu 2 alterações, fazendo Ola John e Rodrigo entrarem para os postos de Ruben Amorim e Djuricic e o sucesso foi imediato, com o hispano-brasileiro a empatar em jeito de pé esquerdo, aos 50´, após passe de Lima, que aproveitou um erro defensivo dos ilhéus para oferecer o golo. O Benfica cresceu animicamente e voltou a controlar os acontecimentos, mas os problemas na criação de oportunidades de golo continuaram.

O Marítimo é que votou a ser letal através de Sami, que, aos 77´, de pé esquerdo voltou a colocar os insulares em vantagem, após cruzamento primoroso de Heldon. Aos 85´, Rodrigo teve o empate à mercê num golpe de cabeça, mas o guarda-redes José Sá evito o pior com uma bela intervenção.

Foi um Benfica sem chama aquele que esteve na Madeira, enquanto o Marítimo soube ser inteligente e foi certeiro.

Clique na imagem para ver o vídeo CMTV de resumo do jogo

Clique na imagem para ver a fotogaleria do jogo

Benfica Marítimo pénalti Sami Rodrigo Derley
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)