Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
8

Benfica perde último jogo de pré-época

O Benfica perdeu esta noite com o Nápoles, por 1-2, no jogo de apresentação aos sócios da equipa italiana.
9 de Agosto de 2013 às 22:23
Benfica, Nápoles, Itália, futebol, Luisão
Benfica, Nápoles, Itália, futebol, Luisão

Numa primeira parte que se iniciou praticamente com o golo do Nápoles - logo aos 6’ Behrami (1-0) cabeceou, a passe de Insigne, sem hipótese para Artur - o Benfica mostrou dificuldades em manter a posse de bola e viu a equipa italiana desperdiçar várias oportunidades de golo.

Insigne, o jogador adversário que mais se destacou no primeiro tempo, obrigou Artur a defesas apertadas em dois lances de perigo para a baliza encarnada. Aos 16’, com um remate de meia distância, e aos 25’, num lance de bola parada.

O Benfica só conseguiu chegar à baliza adversária com perigo através de uma bola parada, aos 44’, de onde acabaria por originar o golo do empate. Gaitan bateu a bola para a área e Luisão, a fugir à marcação, cabeceou isolado para golo (1-1).

Com ambas as equipas a fazerem várias alterações ao intervalo, a maior capacidade de segurar a bola e a pressão alta dos encarnados, permitiu que o jogo ficasse mais equilibrado.

Apesar de a equipa de Jorge Jesus ter começado a 2.ª parte com outra postura, notaram-se grandes dificuldades em parar o caudal ofensivo do Nápoles, que continuava a ter as melhores oportunidades de golo. Pandev, aos 66’, e Dzemaili, aos 69’, puseram à prova as qualidades de Artur com dois remates bem direcionados.

Aos 70’, Higuáin (2-1) deu a vantagem aos italianos, após um lance de insistência de Armero, onde a defesa encarnada ficou a reclamar um possível fora-de-jogo que não existiu.

Nos minutos finais da partida, e com a entrada de Djuricic aos 78’, o Benfica aproveitou a quebra de intensidade de jogo da equipa da casa e conseguiu chegar à baliza adversária. O sérvio foi protagonista nos melhores lances ofensivos dos encarnados na 2.ª parte, com destaque para um remate ao poste da baliza de Rafael, 88’.

Foi um bom teste para as águias que terão que rever alguns pormenores, devido à falta de soluções ofensivas apresentadas esta noite.

Benfica Nápoles Itália futebol Luisão
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)