Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
5

Benfica quer FC Porto e Sporting punidos

MP abriu uma investigação a Pinto da Costa e Bruno de Carvalho, após uma denúncia anónima por coação a árbitros.
Mário Figueiredo 24 de Dezembro de 2017 às 01:30
Luís Filipe Vieira
Luís Filipe Vieira
Bruno de Carvalho
Bruno de Carvalho
Pinto da Costa
Pinto da Costa
Luís Filipe Vieira
Luís Filipe Vieira
Bruno de Carvalho
Bruno de Carvalho
Pinto da Costa
Pinto da Costa
Luís Filipe Vieira
Luís Filipe Vieira
Bruno de Carvalho
Bruno de Carvalho
Pinto da Costa
Pinto da Costa
O Benfica exige uma investigação minuciosa a Pinto da Costa e a Bruno de Carvalho na sequência do inquérito aberto pelo Ministério Público sobre "eventuais ameaças, contactos diretos e pressões do FC Porto e Sporting a árbitros e outros agentes desportivos".

As águias pedem mesmo uma "rigorosa e exigente investigação" e o apuramento dos factos por parte das entidades competentes, tanto no "âmbito criminal, como desportivo".

Esta reação surge na sequência da notícia do semanário ‘Sol’, que dá conta da abertura do inquérito por parte do Ministério Público com base numa denúncia anónima. Além dos presidentes, também Luís Gonçalves (diretor-geral do FC Porto), André Geraldes (team manager do Sporting) e Hernâni Fernandes (assessor dos leões para as arbitragens) estão a ser investigados.

Na denúncia é descrito que Bruno de Carvalho "ligou diretamente" ao presidente da APAF a "pressioná-lo" para que os árbitros desistissem da greve e até terá feito uma "ameaça".

Já Pinto da Costa é investigado, alegadamente, por ter contactado o árbitro Jorge Sousa para que este convencesse os outros juízes a abdicarem de fazer a paralisação.

No extenso comunicado, o Benfica lembra a "invasão do centro de treinos da Maia" e as "ameaças e coações", destacando a forma "sistemática como dirigentes do FC Porto têm colocado em causa a honorabilidade das equipas de arbitragem, como também ameaças públicas de diversos membros dos grupos organizados de adeptos". Mais, as águias revelam "ser também preocupante" que o Sporting tenha "estendido a sua pretensa aliança à prática das mesmas formas de coação e pressão".

O Benfica acusa o Sporting e o FC Porto de "acrescidas suspeitas" de um tipo de conduta que personifica "um regresso a um passado triste do futebol português". 

OUTROS VISADOS 
Luís Gonçalves
Diretor-geral do FC Porto
O dirigente terá ameaçado os árbitros com "porta- -te bem, senão falo com o Bertino e com o Ricardo Duarte, e depois queixa-te". Terá dito a Luís Ferreira: "Não vais descer, és um dos nossos." 

André Geraldes
Team manager do Sporting
André Geraldes, segundo a denúncia efetuada, terá ligado a "diretores amigos", dizendo que "os presidentes do FC Porto e do Sporting não estão a gostar nada desta greve". 

Hernâni Fernandes
Assessor do Sporting
O presidente Bruno de Carvalho terá mandado o assessor leonino para as arbitragens Hernâni Fernandes ligar a "árbitros amigos" para que estes não fizessem greve aos jogos da Taça da Liga.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)