Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
1

Benfica quer hacker Rui Pinto julgado nos mails

Clube pode vir a pedir uma indemnização milionária pelos danos sofridos nos últimos dois anos.
Tânia Laranjo 19 de Março de 2019 às 01:30
Rui Pinto, na Hungria, quando a juíza disse que ia ficar em prisão preventiva
Rui Pinto regressa a Portugal esta semana
Pirata Rui Pinto volta ao tribunal em Budapeste
Pirata Rui Pinto volta ao tribunal em Budapeste
Rui Pinto, na Hungria, quando a juíza disse que ia ficar em prisão preventiva
Rui Pinto regressa a Portugal esta semana
Pirata Rui Pinto volta ao tribunal em Budapeste
Pirata Rui Pinto volta ao tribunal em Budapeste
Rui Pinto, na Hungria, quando a juíza disse que ia ficar em prisão preventiva
Rui Pinto regressa a Portugal esta semana
Pirata Rui Pinto volta ao tribunal em Budapeste
Pirata Rui Pinto volta ao tribunal em Budapeste
O Benfica quer Rui Pinto no banco dos réus. A SAD, que se constituiu assistente no processo em que foi vítima de divulgação de conversação privada, poderá agora requerer ao Ministério Público que o hacker seja interrogado pelo acesso aos mails dos encarnados.

A diligência terá de comportar a emissão de um novo mandado, já que o primeiro - que levará à extradição de Rui Pinto - apenas diz respeito à Doyen e ao Sporting. Poderá ser um processo complexo, atendendo a que o hacker já invocou, na Hungria, que não prescinde do princípio da especialidade.

Em limite, Rui Pinto pode mesmo ser libertado e depois novamente preso. Não seria, aliás, inédito e aconteceu, por exemplo, no caso de Vale e Azevedo.

Recorde-se que foi há quase dois anos que Francisco J. Marques começou a divulgar as conversações privadas dos dirigentes benfiquistas.

Seguiram-se conversas com árbitros, revelações surpreendentes de um esquema que abalou o mundo do futebol. O Benfica ainda tentou negar a autenticidade, confessou mais tarde que os mails afinal existiam. Mesmo assim, garantiu que muitas das conversas eram truncadas.

A PJ fez buscas no Estádio da Luz e a investigação acabou por reunir muitos outros processos que visam os encarnados. Há agora um megacaso que está nas mãos da PJ e do DCIAP e que atinge o mundo dos encarnados.

O contra-ataque deverá ser imediato. O clube pode mesmo pedir uma indemnização milionária ao pirata informático, designadamente pelos danos reputacionais sofridos ao longo destes dois anos.

Certo também é que estes mails não podem ser usados como prova no processo-crime, por terem sido obtidos ilicitamente. A Polícia Judiciária, mesmo assim, está a reunir outros elementos de prova que poderão fazer com que o Benfica volte ao banco dos réus.

Uma delas é o conteúdo dos mails que foram copiados nos computadores dos administradores, durante uma busca.

Dia 18 sem que tivessem havido novos mails
A cada dia 18 o blog Mercado de Benfica divulgava novos mails comprometedores para os dirigentes da Luz. Ontem não aconteceu.

Vai ser ouvido por juiz no Campus de Justiça
Rui Pinto vai ter de ser interrogado pelo caso Doyen no Tribunal de Instrução Criminal de Lisboa. Será no dia a seguir à extradição.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)