Benfica recusa 41 milhões de Oliveira

Luís Filipe Vieira recusou uma proposta de 41 milhões de euros para renovar, por mais três épocas, o contrato de cedência dos direitos televisivos do Benfica à Olivedesportos, de Joaquim Oliveira.
15.02.11
  • partilhe
  • 0
  • +
Benfica recusa 41 milhões de Oliveira
Benfica quer 30 milhões de euros por ano pela venda dos direitos televisivos Foto Paulo Calado/Record

O actual acordo termina no final da temporada de 2012/2013 e o empresário propôs uma extensão até 2015/ /2016 pagando 13 milhões de euros nos dois primeiros anos e 15 milhões no último, apurou o CM. Apesar de significar uma subida considerável em relação ao valor actualmente recebido pelo Benfica (sensivelmente 7,5 milhões ao ano), o presidente encarnado recusou, pelo facto de a proposta estar ainda muito longe dos 30 milhões que pede por cada ano.

O CM tentou contactar a Olivedesportos, mas tal não foi possível até ao fecho desta edição. Já o Benfica optou por não fazer comentários. Contudo, o clube encarnado não desmentiu a proposta da Olivedesportos nem a recusa da mesma.

Luís Filipe Vieira já disse publicamente considerar que o Benfica recebe menos do que aquilo que tem direito e recentemente ganhou maior poder negocial, já que um novo operador entrou no mercado dos direitos televisivos. A Worldcom, detida pelos pais de Rui Pedro Soares, ex--administrador da PT, e gerida por Carlos Soares, o seu irmão, comprou os direitos da Liga Espanhola para Portugal e já fez saber que está no mercado para comprar mais futebol, sendo que o Benfica é um dos objectivos da empresa.

Actualmente, Joaquim Oliveira tem garantido os jogos do FC Porto até ao final da época 2013/2014. O acordo, assinado em Julho de 2008, garantiu aos dragões 51,750 milhões de euros, o que significa cerca de 10,4 milhões por ano. Já com o Sporting foi assinado um acordo em Julho de 2010, com a SAD a vender os direitos até 2017/18 por 108 milhões de euros (o que dá uma média de 13,5 milhões por cada época).

"LUISÃO ACABA CARREIRA NA LUZ"

"Além de ser um grande jogador, Luisão é um grande homem. É um jogador de raça, um jogador à Benfica, que está identificado com o clube, com a massa associativa e tudo leva a crer que vai acabar a carreira no Benfica. Tenho quase a certeza ", disse ontem Luís Filipe Vieira à Benfica TV.

O central, que fez 30 anos no domingo, chegou à Luz, em 2003.

SALVIO SÓ FICA POR 15 MILHÕES

O Atl. Madrid mantém a intenção de fazer Salvio, de 20 anos, regressar ao Vicente Calderón na próxima época. Apesar de o treinador Quique Flores ter praticamente confirmado que vai sair do clube, os dirigentes consideram que o argentino ganhou maturidade no Benfica e poderá ser útil ao clube na próxima época. "Salvio só não fica se o Benfica bater o valor da cláusula, 15 milhões de euros", confidenciou ao CM fonte do clube madrileno.

FÁBIO COENTRÃO E POSTIGA OPTIMISTAS PARA ALVALADE

"O Sporting está a passar um mau momento, mas isso, num dérbi, é secundário", disse ontem Fábio Coentrão, durante uma acção promocional de chuteiras, que também contou com a presença de Hélder Postiga.

"É verdade que o Benfica está forte e nós atravessamos um momento difícil. Contudo, se nos apresentarmos num bom nível, podemos vencer qualquer equipa", afirmou o avançado do Sporting sobre o jogo de 2.ª feira, em Alvalade. "Não prometo golos, apenas trabalho e dedicação", frisou

Coentrão falou ainda do interesse de vários clubes no seu serviço, casos do M. United, Liverpool e Real Madrid: "É bom saber disso. No entanto, quero ficar no Benfica, porque amo o clube."

O OLHAR DO ADEPTO: OS JOGADORES DO SPORTING TÊM CONCONDIÇÕES PSICOLÓGICAS PARA VENCER O DÉRBI?

JOÃO BRAGA: SPORTING

Os jogadores do Sporting não estão em condições psicológicas de vencerem quem quer que seja. O presidente, indecifravelmente demissionário, burlou os sócios que nele votaram em Junho de 2009, ao convencê-los de que iria fazer a diferença dado o auto-propagado "amor à camisola". Nada mais falso — ninguém do SLB ou do FCP teria feito pior. Resta o amor-próprio dos atletas.

LEONOR PINHÃO: BENFICA

Se alguém de bom senso dentro da casa impedir José Bettencourt de voltar a descer ao balneário para explicar aos jogadores que a venda de Liedson apenas serviu para lhes pagar os ordenados (os dos jogadores, de modo algum o salário do presidente), não há razão que impeça os profissionais do Sporting de se apresentarem em campo na posse plena das suas melhores condições psicológicas.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!