Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
2

Águia goleia Arouca e mete pressão nos Dragões

Águias tiveram sempre o jogo controlado, com um grande fluxo ofensivo.
Mário Figueiredo 11 de Fevereiro de 2017 às 01:30
Mitroglou, sem oposição, cabeceia para o primeiro golo do Benfica
As melhores imagens do Benfica-Arouca
As melhores imagens do Benfica-Arouca
As melhores imagens do Benfica-Arouca
As melhores imagens do Benfica-Arouca
As melhores imagens do Benfica-Arouca
As melhores imagens do Benfica-Arouca
As melhores imagens do Benfica-Arouca
As melhores imagens do Benfica-Arouca
As melhores imagens do Benfica-Arouca
As melhores imagens do Benfica-Arouca
As melhores imagens do Benfica-Arouca
As melhores imagens do Benfica-Arouca
Mitroglou, sem oposição, cabeceia para o primeiro golo do Benfica
As melhores imagens do Benfica-Arouca
As melhores imagens do Benfica-Arouca
As melhores imagens do Benfica-Arouca
As melhores imagens do Benfica-Arouca
As melhores imagens do Benfica-Arouca
As melhores imagens do Benfica-Arouca
As melhores imagens do Benfica-Arouca
As melhores imagens do Benfica-Arouca
As melhores imagens do Benfica-Arouca
As melhores imagens do Benfica-Arouca
As melhores imagens do Benfica-Arouca
As melhores imagens do Benfica-Arouca
Mitroglou, sem oposição, cabeceia para o primeiro golo do Benfica
As melhores imagens do Benfica-Arouca
As melhores imagens do Benfica-Arouca
As melhores imagens do Benfica-Arouca
As melhores imagens do Benfica-Arouca
As melhores imagens do Benfica-Arouca
As melhores imagens do Benfica-Arouca
As melhores imagens do Benfica-Arouca
As melhores imagens do Benfica-Arouca
As melhores imagens do Benfica-Arouca
As melhores imagens do Benfica-Arouca
As melhores imagens do Benfica-Arouca
As melhores imagens do Benfica-Arouca
Foi um Benfica seguro e determinado em manter a liderança da Liga aquele que esta sexta-feira derrotou o Arouca por 3-0, numa partida em que jogou a segunda parte com dez, após a expulsão de Ederson.

Ainda com Rui Vitória na bancada - cumpriu o derradeiro jogo de castigo -, o Benfica entrou em campo com tudo... até Carrillo. Aliás o peruano fechou a melhor exibição na Luz com chave de ouro, mas já lá vamos.

O Benfica entrou mandão, disposto a resolver cedo o jogo para não alimentar traumas, até porque a vitória colocava pressão no FC Porto e moralizava a equipa para o jogo de terça-feira da primeira mão dos ‘oitavos’ da Liga dos Campeões com o B. Dortmund. E assim foi.

Mitroglou entrou em campo com o guião certo e acabou por bisar. Antes viu ainda um golo bem anulado (22’) por fora de jogo de Jonas.

O caudal ofensivo das águias era intenso. Até Luisão brilhava no ataque ao dominar a bola no peito e a rematar para defesa difícil de Bolat. Mas a noite era de Mitroglou. O primeiro golo surgiu aos 25’, após uma assistência de Jonas (imparável nas combinações com o grego), e o segundo aos 35’, após culminar uma jogada iniciada por Carrillo e assistência de Eliseu.

O Arouca tinha em Kuca o seu agitador principal e em Mateus o homem mais perigoso. Ederson negou-lhe um golo com uma grande defesa num remate de fora da área. Dois minutos volvidos novo duelo entre ambos, com Mateus isolado a ser travado por Ederson fora da área. O guardião acabou expulso. Mitroglou já tinha cumprido com dois golos e foi o sacrificado para entrar Júlio César.

O Benfica entrou muito forte na etapa complementar e Carrillo, com um chapéu de elevada nota artística, acabou com qualquer veleidade dos arouquenses. Estava confirmada a liderança, a pressão no FC Porto e até deu para fazer rotatividade a pensar na Champions.
Benfica Liga Arouca Rui Vitória Luz FC Porto Liga dos Campeões Luisão Jonas Mateus desporto futebol
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)