Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto

Bettencourt vai dar prémios

José Eduardo Bettencourt defende prémios de produtividade por objectivos, nomeadamente a conquista da Liga pelo Sporting.

23 de Maio de 2009 às 00:30
Candidato à presidência do Sporting defende modelos de gestão de sucesso comprovado
Candidato à presidência do Sporting defende modelos de gestão de sucesso comprovado FOTO: Miguel Barreira, Record

O gestor estava habituado no Santander Totta a ver reconhecida na folha salarial a concretização de objectivos – o salário de Bettencourt podia chegar aos 800 mil euros mediante a concretização de ‘metas’, nomeadamente para os lucros da entidade. Bettencourt disse ao Rádio Clube Português que para entrar no Sporting não estava disposto a "ganhar menos de metade do que auferia no Banco".

Bettencourt introduzirá cláusulas nos contratos para motivar os atletas na luta pelos objectivos do grupo. Caso seja eleito, Bettencourt também vai aumentar Paulo Bento, que actualmente ganha cerca de 60 mil euros por mês para uma verba próxima dos 75 mil euros. A renovação de Bento é para Bettencourt um ponto de honra e um reconhecimento ao trabalho do técnico, que com orçamentos inferiores ao Benfica e FC Porto ganhou troféus e ficou quatro épocas consecutivas à frente do Benfica na Liga.

Bettencourt quer uma estrutura mais leve, à semelhança do FC Porto, com administradores que também terão prémios em caso de sucessos desportivos definidos. O dirigente disse que o FC Porto está "melhor organizado do que o Sporting" e não quer perder a maioria de capital do clube na SAD.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)