Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
1

Bruno de Carvalho admite vender Rui Patrício

Presidente leonino admite vender Rui Patrício caso chegue "uma boa proposta" a Alvalade
5 de Outubro de 2013 às 01:00
Bruno de Carvalho tem assistido a alguns treinos do Sporting, orientados por Leonardo Jardim
Bruno de Carvalho tem assistido a alguns treinos do Sporting, orientados por Leonardo Jardim FOTO: Paulo Calado

"Vou lá [ao Dragão] ver o Sporting jogar e, se possível, ganhar. É lógico que espero ser mal recebido. Temos sido bem recebidos, porque não contávamos para o Totobola", afirmou ontem Bruno de Carvalho, sobre a visita ao terreno do FC Porto, a 27 de outubro, na 8ª jornada da Liga.

"As pessoas vivem num mundo de hipocrisia que não entendo. Se há rivalidade, objetivos similares, não é possível que seja um ambiente absolutamente cordial. Vamos lá para ganhar, como será do outro lado, senão não fazia sentido", sublinhou o presidente leonino, em entrevista ao programa ‘5 para a Meia-noite’, da RTP.

Apesar do bom momento dos leões (2º lugar, a dois pontos do FC Porto), Carvalho não assumiu a candidatura ao título. "Pegámos num projeto que para muita gente era muito difícil. Aquilo que tentámos fazer não é um trabalho do presidente e dos órgãos sociais, mas sim de todos os sportinguistas. Com calma, rigor e competência, conquistando o nosso espaço a cada semana. Estamos a fazer o nosso trabalho e corre bem. Depois, veremos...", disse.

Adiantou ainda que Bruma "não queria ficar e utilizou o que achou bem para sair", não fechou a porta à saída de Rui Patrício – "vamos ver... se houver uma proposta que seja boa para o Sporting e para o jogador..." – e falou de João Moutinho: "Comigo, não teria saído." "Para saírem, tem de ser um resultado verdadeiramente vantajoso para o Sporting", frisou.

bruno de carvalho rui patrício venda dragão fc porto
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)