Bruno Lage reconhece que margem de erro é mínima

Técnico não está preocupado com o elevado número de jogos da sua equipa e lembra casos de Pizzi e André Almeida.
Por Rafael Godinho|17.03.19
  • partilhe
  • 2
  • +
Depois do deslize na jornada passada frente ao Belenenses (2-2), Bruno Lage disse, na conferência de imprensa de antevisão ao jogo deste domingo (17h30) frente ao Moreirense, que a margem de erro do Benfica é mínima.

"Para nós uma semana parece um mês. Estamos consecutivamente a preparar jogos. Mas quem é que pode errar neste momento? Estamos na mesma situação dos outros. Para quem quer vencer, a margem de erro é mínima, aqui e em qualquer lado. Colocamos enorme pressão na nossa forma de jogar, para vencer temos de jogar bem", explicou o técnico do Benfica.

Os encarnados jogam em Moreira de Cónegos o sexto jogo do mês, nada que preocupe Bruno Lage. "Uma coisa é um indivíduo que tem dois ou três meses de jogo, outra coisa é alguém que está desde o início. Casos como Pizzi ou André Almeida dão sempre boa resposta. O grupo está animado, ainda temos algum tempo para avaliar, mas o que vejo é que está toda a gente apta para ir a jogo", destacou o treinador, que teve ainda uma tirada curiosa em relação à variação de opiniões em relação aos seus jogadores.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!