Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
2

CAMACHO INCUTE DESEJO DE GANHAR

Nuno Gomes acredita no sucesso do Benfica. Em entrevista ao ‘site’ oficial do clube, o avançado refere que a chegada de Camacho contribuiu para a melhoria da equipa, elogia o espanhol e diz que os jogadores já estão identificados com os métodos do técnico.
13 de Fevereiro de 2003 às 00:00
“Estamos completamente adaptados aos métodos de trabalho do 'mister' Camacho e penso que ele também já conhece a realidade do clube. Temo-nos entendido bem e temos feito bons resultados desde que ele chegou. Ainda não perdemos, o que é de salutar”, afirma, salientando a mentalidade que o treinador incutiu à equipa.

“Gosto da maneira como Camacho trabalha e a maneira como incute responsabilidade e desejo de ganhar sempre”, explica.

Nuno Gomes está ciente que chegar ao título vai ser complicado e que o 2.o lugar é o grande objectivo da equipa. “Vai ser muito difícil lá chegar. Temos de reconhecer que dificilmente o FC Porto vai perder jogos suficientes para que o Benfica consiga apanhá-lo. Mas até prova em contrário, vamos continuar a lutar, até porque temos condições para alcançar o 2.o lugar e ir à Liga dos Campeões”.

Com apenas seis golos apontados, números pouco normais para um avançado, Nuno Gomes afirma que vai trabalhar para marcar mais vezes. “Tenho marcado poucos golos, mas luto para fazer golos e vou tentar marcar o maior número possível para atingir números mais ‘dignos’ de um avançado”.

Entretanto, ontem, Ednilson regressou aos treinos depois de ter recuperado da operação a uma hérnia. “Estou muito satisfeito, mas agora tenho de ir com calma. Foi só o primeiro dia com bola e com os meus companheiros”, afirmou, revelando que ainda não está nas melhores condições. “Acho que ainda é muito cedo. Esta semana vou estar ainda a cinquenta por cento e só para a semana é que vou treinar com mais força”.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)