Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
2

Camacho promete Benfica de ataque

A poucas horas do jogo de hoje com o FC Copenhaga, Luisão é uma grande incógnita na equipa encarnada. O central brasileiro fez a viagem para a Dinamarca sob reservas, e continua em dúvida, não tendo participado ontem no único treino realizado em solo dinamarquês antes do decisivo jogo, de apuramento para a Liga dos Campeões.
29 de Agosto de 2007 às 00:00
Camacho confia na experiência dos jogadores mais rodados como Quim, Petit e Rui Costa. O maestro bisou na Luz e é o jogador mais temido pelos dinamarqueses
Camacho confia na experiência dos jogadores mais rodados como Quim, Petit e Rui Costa. O maestro bisou na Luz e é o jogador mais temido pelos dinamarqueses FOTO: Claus Bech Andersen
José Antonio Camacho admite a utilidade no jogo aéreo, ponto em que os dinamarqueses são fortes, mas desdramatiza a sua eventual ausência no jogo. “Ainda não sabemos se podemos contar com Luisão, amanhã (hoje) ele irá fazer um último teste. Mas se não estiver ele, joga Miguel Vítor. Não quero dizer com isto que o Vítor só jogará se Luisão não estiver, e até é possível que joguem os dois, mas faltam algumas horas para o jogo e tenho tempo para decidir”, afirmou, longe de desfazer as dúvidas.
Em todo o caso, o técnico espanhol considera que há pouco para mudar, em relação ao jogo que as duas equipas disputaram em Lisboa: “Não esperem muitas mudanças, posso trocar um ou outro jogador, mas nada de mudanças profundas. Primeiro, há que analisar a situação do relvado, a condição física de alguns jogadores, mas, como disse, tenho tempo para pensar antes de decidir.”
Independentemente dos jogadores que vão integrar o onze inicial, Camacho diz estar consciente de que a equipa tem de assumir uma postura ofensiva. “Uma vitória por 2-1 na Champions é curta. Por isso, marcar um golo fora é essencial. Por isso, temos de tentar marcar. Se o fizermos, eles vão ter de trabalhar muito para não serem eliminados. Para nós, defender o resultado seria mau, temos de jogar ao ataque e não pensar em jogar à defesa”, advertiu.
Numa mensagem indirecta aos jogadores, José Antonio Camacho lembrou que para se estar no Benfica, há que saber conviver com a pressão, com ou sem Liga dos Campeões. No entanto, reconheceu que a juventude do plantel pode ter influência nessa vertente. “Temos seis jogadores com 18 anos e dois ou três lesionados. Mas vamos entrar com atitude, dispostos a vencer o jogo. Esse é o nosso maior triunfo neste momento. Seria bonito para o Benfica, sabendo que dentro de um mês teremos uma equipa mais competitiva do que agora”, ajuizou.
"DERROTA NÃO COMPROMETE SAÚDE FINANCEIRA DO CLUBE"
O encontro desta noite em Copenhaga será determinante para a temporada do Benfica, na vertente desportiva, mas tem contudo outras implicações, nomeadamente a nível financeiro. Domingos Soares Oliveira, administrador executivo da Benfica SAD, revelou ao CM quais os dinheiros em jogo para os encarnados na partida de Copenhaga, deixando contudo claro que apesar de se tratar de uma verba importante, o Benfica não depende deste encaixe para sobreviver.
“O prémio de presença na fase de Grupos da Liga dos Campeões são cinco milhões de euros e é portanto essa a verba que, de uma forma directa, o Benfica receberá caso consiga a qualificação”, disse o dirigente, garantindo que a pujança do clube em termos económicos não ficará abalada em caso de fracasso: “Esta receita não tem um impacto extremo nas contas. É um valor que o Benfica não pode deixar de encarar como importante, mas a saúde financeira não fica comprometida. O Benfica factura 100 milhões de euros por ano e neste caso estão em jogo cinco milhões”.
Para além dos cinco milhões de euros, os encarnados poderão garantir outras receitas consoante a sua prestação na prova.
“Os valores a atribuir pela UEFA por vitória na fase de grupos só serão conhecidos na quinta-feira, dia do sorteio, mas a época passada pagavam 600 mil euros por triunfo”, afirmou Soares Oliveira.
Para se ter um termo de comparação, basta recordar que nas duas últimas temporadas os encarnados conseguiram amealhar receitas superiores a 30 milhões de euros nas competições europeias. “As receitas na Liga dos Campeões e Taça UEFA foram de entre 15 e 16 milhões em cada uma das duas últimas épocas”, quantifica o administrador. Em caso de fracasso no jogo desta noite, o Benfica disputaria a Taça UEFA, o que implicaria uma quebra de receitas. “Grosso modo, as receitas da Taça UEFA representam metade das da Liga dos Campeões”, revelou.
MANTORRAS CORRIGE VÍCIO DE COXEAR
Pedro Mantorras está já a cumprir um programa específico de recuperação, seguindo a vontade de José Antonio Camacho, não sendo previsível quando poderá voltar a jogar. O avançado de 25 anos está a ser acompanhado no centro de estágio do Seixal por Ana Oliveira, técnica de atletismo, com o objectivo de realizar marcha para corrigir a postura, uma vez que devido aos problemas no joelho direito adquiriu o vício de coxear. Numa fase posterior, Mantorras será entregue aos cuidados de Ramon Cougat, médico catalão da confiança de Camacho que já o operou duas vezes. O jogador será ainda submetido a trabalho de recuperação com Emili Ricart, com quem já realizou trabalho específico nas montanhas de Tarragona, a sul de Barcelona, que lhe reduziu a atrofia do joelho.
O calvário de Mantorras começou em 2001, tendo desde então sido operado quatro vezes e ficado dois anos sem jogar.
EDCARLOS CHEGA HOJE PARA ASSINAR PELOS ENCARNADOS
O central brasileiro Edcarlos, de 22 anos, aterra hoje de manhã em Lisboa para assinar por quatro anos pelo Benfica, que já chegou a acordo com o São Paulo para a transferência do atleta. Os encarnados têm até sexta-feira, data do fecho do mercado, para inscrever o jogador. Ontem foi também notícia o interesse do Benfica em Roberto Soldado, avançado do Real Madrid que custaria 15 milhões de euros, mas o seu empresário já afirmou ontem que o jogador vai continuar nos merengues.
Entretanto, os encarnados já informaram a CMVM de que pagaram três milhões de euros por 70 por cento do passe do médio uruguaio Maximiliano Pereira, enquanto Cristian Rodriguez veio a custo zero. O Benfica informou ainda aquela entidade de que recebeu 9 milhões de euros do Valência pela venda de metade do passe de Manuel Fernandes.
RUI COSTA PROIBIDO DE REMATAR
Ninguém do FC Copenhaga se esquece da preponderância que Rui Costa teve no primeiro jogo, quando marcou os dois golos do Benfica. “Rui Costa fez a diferença na Luz”, reconheceu o avançado brasileiro Ailton. Mas foi o técnico, Stale Solbakken, quem expressou melhor os receios dos dinamarqueses: “Rui Costa está proibido de rematar”, afirmou, provocando risos.
O treinador desvalorizou a ausência de Gronkjaer por castigo. “É o nosso melhor jogador, mas sem ele já ganhámos ao Manchester United e ao Ajax”, advertiu.
NOTAS
JOGO DEVE DISPUTAR-SE À CHUVA
O tempo tem estado muito incerto em Copenhaga, com temperaturas entre 12 e 14 graus. À hora do jogo está prevista chuva.
RELVADO MAU POR CULPA DOS STONES
O relvado onde se vai disputar o jogo está em más condições devido à actuação dos lendários Rolling Stones, dia 5 de Agosto.
SORTEIO MARCADO PARA AMANHÃ
O sorteio da Liga dos Campeões e da Taça UEFA está marcado para amanhã. A cerimónia terá desta feita lugar no Mónaco.
MANU VAI PARA O AEK
O empréstimo de Manu aos gregos do AEK, por uma época, ficou ontem acertado. Os gregos asseguraram o direito de opção por 1,5 milhões de euros
PREVISTA CASA CHEIA
O Parken Stadium, com lotação para 42 mil espectadores, deverá registar uma enchente. Entre a multidão estarão cerca de 300 portugueses
MAIS UM AVANÇADO
Luís Filipe Vieira deverá contratar, até sexta-feira, data limite, mais um avançado, respondendo assim ao pedido do treinador José Antonio Camacho
ABALADO COM A MORTE DE PUERTA
Camacho estava abalado com a morte de Puerta, jogador do Sevilha: “Fez-me lembrar Fehér, os meus pêsames à família e clube”.
VIEIRA NÃO VIAJA PARA A DINAMARCA
Luís Filipe Vieira tinha a chegada prevista para esta manhã, mas cancelou a viagem para poder tratar das contratações.
3ª PRÉ-ELIMINATÓRIA DA LIGA DOS CAMPEÕES
JOGOS DE HOJE - RESULTADOSM DA 1ª MÃO
Copenhaga - Benfica (1-2)
Elfsborg - Valência (0-3)
Dinamo Kiev - Sarajevo (1-0)
Anderlecht - Fenerbahçe (0-1)
Arsenal - Sparta Praga (2-0)
Besiktas - Zurique (1-1)
Steaua - FC BATE (2-2)
Rosenborg - Tampere (3-0)
Celtic - Spartak Moscovo (1-1)
Dinamo Zagreb - W. Bremen (1-2)
Shaktar - Salzburgo (0-1)
Slavia Praga - Ajax (1-0)
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)