Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
1

Cantona brinca com vitória portuguesa no Euro

Lenda do futebol também falou de Ronaldo. Veja o vídeo.
13 de Julho de 2016 às 13:29
eric, cantona, detido, suspeita, agressão, londres
eric, cantona, detido, suspeita, agressão, londres FOTO: Direitos Reservados
Éric Cantora tem dado que falar graças a uma série de vídeos humorísticos que protagoniza. Na sua última criação, o antigo jogador analisa o Euro 2016 e fala com o humor da prestação portuguesa no campeonato europeu.

Para a lenda do futebol, que até vive em Lisboa, o caminho até à vitória da seleção das Quinas foi "doloroso, atabalhoado e sem controlo"... como "sempre acontece nas primeiras vezes" (recorde-se que Portugal nunca tinha ganhado o Europeu). 

"A final deu-nos todos os ingredientes de uma tragédia dos tempos modernos. Milhares de borboletas invadiram o campo, a primeira das dez pragas da Bíblia", ironiza o ex-atleta. "Depois vimos a segunda praga: o ataque dos sapos", brincou, antes de falar sobre Ronaldo "a chorar que nem uma criança a quem os sonhos de vida se tinham desmoronado" e que depois "ressuscitaria uma hora depois para se tornar num treinador". 

"Isto poderia explicar por que razão tantos portugueses se chamam Jesus", continua, não sem antes dizer a Ronaldo que escolheu bem o número que alberga na camisola (Cantona também era o número 7 no Manchester United). 

Antes de terminar, Cantona fez questão de atribuir prémios aos intervenientes deste Euro 2016, brincando com os títulos de alguns filmes famosos. Ronaldo recebeu a designação de "Mr Butterfly" por causa do seu encontro com uma mariposa quando se lesionou e Joachim Loew, treinador da Alemanha, foi satirizado com um "Scratch me if you can" (muito por culpa das suas "comichões" em pleno relvado). 

A Islândia levou para casa a distinção de Melhor Equipa aos olhos de Cantona, que usou o filme "Frozen" para os homenagear (com direito a canção e tudo). 

Nem o autocarro de campeã da seleção francesa escapou ao escrutínio da lenda do futebol: Cantona fez questão de o coroar como Melhor peça não utilizada e atribuir-lhe o filme "Lost in Translation", pois devia dizer, em bom português (que o francês arranhou), "Parabéns Campeões, Obrigado". 

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)