Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto

CAPIROSSI NA DUCATI

A poucos dias do G.P. do Brasil, surgem algumas surpresas no universo do Campeonato do Mundo de Velocidade. Uma das grandes novidades é a confirmação do contrato de dois anos, que foi assinado, entre Loris Capirossi e a Ducati.
17 de Setembro de 2002 às 22:36
O piloto italiano, actualmente um dos homens da frente da classe MotoGP, vai assim deixar o seu companheiro Alex Barros e a equipa Honda Pons, para ser colega de equipa de Troy Bayliss na equipa Ducati. O construtor italiano, que tem dominado nesta década o panorama do Mundial de Superbikes, aventura-se assim na mais importante disciplina em duas rodas com a Desmosedici, o novo protótipo da firma de Bolonha. Refira-se que a Ducati terá como patrocinador principal a Marlboro, que termina assim a ligação histórica com a Yamaha.

Da parte da Yamaha, o esforço de colocar mais um M1 em prova concretiza-se na equipa Gauloises Tech 3. Shinya Nakano e Olivier Jacque irão dispor dos novos protótipos a quatro tempos a partir de 11 de Outubro. "Tem sido difícil, com a YZR 500, mas estou certo que com os quatro tempos terei hipóteses de lutar por um lugar cimeiro”, afirmou Nakano.

Valentino Rossi pode garantir o título no Rio

O piloto italiano, Valentino Rossi, pode garantir, já no próximo sábado, o título mundial de 500cc de Motociclismo, no Grande Prémio Brasil, disputado no Rio de Janeiro.

O italiano, que ganhou nove dos onze grandes prémios já disputados, precisa de onze pontos a mais que o seu colega de equipa, Ukawa, para se tornar no novo campeão do mundo de Superbikes.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)