Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
9

Cappellini domina da primeira à última volta

O campeão do Mundo Guido Cappellini triunfou pela sétima vez no Grande Prémio de Portugal de Fórmula 1 em motonáutica, em oito edições da prova no nosso país, exercendo um domínio claro da primeira à última volta, na prova disputada no Rio Arade, em Portimão.
29 de Maio de 2006 às 00:00
Italiano Cappellini mostrou grande superioridade no Arade
Italiano Cappellini mostrou grande superioridade no Arade FOTO: Nuno Eugénio
O italiano, que protagonizou no sábado um dos acidentes mais espectaculares de sempre da F1, partiu da quarta posição mas assumiu o comando logo na primeira volta, não mais o largando, embora tivesse alguma luta, movida pelos compatriotas Ivan Brigada e Francesco Cantando e, por último, pelo norte-americano Scott Gillman.
Vários acidentes – o mais aparatoso dos quais envolveu Ivan Brigada – obrigaram a que fosse levantada a bandeira amarela, provocando o reagrupamento dos pilotos, mas Cappellini nunca perdeu o controlo da corrida, a que registou um número recorde de participantes (27), devido à excelência do ‘paddock’ de Portimão, considerado o melhor do ‘circo’ da Fórmula 1.
“Estive muito bem na partida e não houve vento. Isso proporcionou uma corrida rápida e pude explorar todas as potencialidades do barco”, explicou Cappellini, no final.
O português Duarte Benavente foi terceiro nos treinos mas ontem, na sessão livre da manhã, sentiu “problemas mecânicos que não foram resolvidos”, desistindo ao fim de três voltas. “Foi uma decepção, pois contava ter um bom desempenho.”
Classificação final: 1.º Cappellini (Itália), 1h5m12s; 2.º Gillman (Estados Unidos), a 1,60 s; 3.º Comparato (Itália), a 12,64s; 4.º Andersson (Suécia), a 14,55s; 5.º Al Qamzi (Emirados), a 18,30s.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)