Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
8

Cardozo quase traiu Aimar

Aimar – O cérebro da equipa foi substituído cedo (66’), vítima da expulsão de Cardozo. Mas nessa altura já tinha espalhado o perfume do seu futebol no relvado. Ah, e apontou o canto para o golo de Javi García.
27 de Novembro de 2011 às 01:00
Jogadores do Benfica agradecem apoio dos adeptos
Jogadores do Benfica agradecem apoio dos adeptos FOTO: Francisco Paraíso

Artur - Uma distracção aos 65 minutos quase dava o golo a Wolfswinkel, mas não invalida a questão. Quantos pontos já rendeu ao Benfica? Aquela defesa a um cabeceamento de Elias (58') foi fundamental.

Maxi Pereira - Não foi nada fácil a luta com Capel. Uma ou outra vez, o espanhol fugiu para cruzar, mas a fibra do uruguaio impôs-se.

Jardel - Revelou algum nervosismo inicial, mas defendeu muito bem.

Garay - A sua regularidade impressiona. Esteve sempre muito seguro nas jogadas em que participou.

Emerson - Melhorou em relação a outros jogos, mas Carrillo trouxe-lhe problemas.

Javi García - O espanhol foi determinante. Fartou-se de recuperar bolas e marcou o único golo do dérbi.

Gaitán - Pertenceu-lhe o lance mais bonito do jogo, um rema-te de fora da área, sem deixar cair a bola no chão, num can-to apontado por Aimar. Desapareceu cedo.

Witsel - Sem ter atingido o brilhantismo de Old Trafford, no empate diante do Man. United (2-2), voltou a mostrar preponderância. Criou um dos lances mais perigosos do jogo, Rui Patrício defendeu para canto.

Bruno César - Protagonizou algumas jogadas de entendimento com Aimar. Contudo, apenas apareceu a espaços. Foi bem substituído.

Cardozo - Prejudicou a equipa com a expulsão, apagando dos registos o remate de eleição, que Patrício defendeu (51').

Rodrigo - Com a equipa reduzida a dez, teve de preocupar-se mais em defender

Ruben Amorim - Uma aposta certíssima, que devolveu equilíbrio à equipa.

Nolito - Ainda teve um remate perigoso.

O OLHAR DO ADEPTO: RESULTADO DO DÉRBI É JUSTO?

LEONOR PINHÃO, JORNALISTA - BENFICA

Resultado justo. O Sporting voltou a beneficiar da generosidade alheia, jogou contra 10 mais de meia hora e não conseguiu criar uma única oportunidade séria de golo. O Benfica, que jogou melhor enquanto foram 11 contra 11 (pela simples razão de que tem melhores jogadores), foi ainda melhor no 10 contra 11 (porque tem mais traquejo e categoria) e mereceu os três pontos. Nem Capel nem Capela...

JOÃO BRAGA, FADISTA - SPORTING

O futebol está cada vez mais parecido com o Estado português - justiça, nem vê-la. Constatou-se isso mesmo ontem à noite na gaiola da Luz. O Sporting foi a melhor equipa em campo, merecia ter ganho o jogo ou, no mínimo, não o ter perdido. Para enfeitar a sua capelinha vermelha, viu-se o Capela a fazer vista grossa às inúmeras faltas sobre o Capel. Parabéns a Domingos e aos seus jogadores.

benfica aimar adeptos jogadores sporting dérbi
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)