Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
7

Carlos Bueno é reforço do Sporting

O internacional uruguaio Carlos Bueno é o novo reforço do Sporting. O avançado foi cedido por uma temporada a título de empréstimo pelos franceses do Paris Saint-Germain.
28 de Julho de 2006 às 00:00
Bueno jogou pouco em Paris muito por culpa do português Pedro Pauleta
Bueno jogou pouco em Paris muito por culpa do português Pedro Pauleta FOTO: d.r.
À chegada ao aeroporto da Portela o atleta foi parco em palavras. “Conheço muito o Sporting”, disse aos jornalistas. O acordo com o emblema onde alinha o português Pedro Pauleta – clube com o qual o jogador tem contrato até 2009 – foi alcançado na quarta-feira faltando apenas o atleta passar os exames médicos para concluir o negócio e assim juntar-se ao restante plantel às ordens de Paulo Bento.
O reforço do sector mais avançado dos ‘leões’ era um dos cavalos de batalha da SAD de Alvalade. Durante vários dias falou-se em diversas possibilidades. O espanhol Diego Tristán e os brasileiros Ailton e Nadson foram alguns dos nomes aventados pela Imprensa para reforçar o ataque. Contudo, a pouca liquidez financeira do Sporting impediu a contratação de um jogador com provas dadas. A escolha recaiu então no ‘desconhecido’ Carlos Bueno, internacional uruguaio, que na temporada passada realizou apenas 12 jogos ao serviço do PSG sem apontar qualquer golo.
O avançado chegou na temporada passada à ‘Cidade Luz’ proveniente do Peñarol, onde se sagrou o melhor marcador do campeonato uruguaio em 2003. Um diferendo entre o jogador e o clube sul-americano impediu Bueno de alinhar em grande parte dos jogos do PSG na temporada passada. Também a presença de Pauleta, melhor marcador da equipa, impediu que o avançado realizasse mais jogos.
Recorde-se que para além do novo reforço, o Sporting conta ainda para a frente de ataque com Liedson, Deivid e Djaló.
PERFIL
Carlos Bueno, ‘El Loco’ como é conhecido no Uruguai, tem 26 anos e destacou-se ao serviço de um dos mais conhecidos clubes sul-americanos, o Peñarol. Bueno não é um jogador muito forte fisicamente, tem 1,78 com 72 kg, mas mesmo assim tem ‘faro de golo’.
No clube uruguaio o seu melhor registo aconteceu em 2003, onde obteve 18 golos em 26 jogos. No total Carlos Bueno conseguiu marcar 57 golos em 120 partidas ao serviço da equipa uruguaia. O avançado permaneceu no Peñarol até 2005 e durante esse período foi presença regular na selecção do Uruguai, ao lado de nomes como Diego Forlan, Fonseca ou Chevanton.
Em 2005 chegou ao PSG, depois de uma transferência polémica em que teve de forçar a saída do Peñarol. Alvalade é a nova etapa.
TRANSFERÊNCIA POLÉMICA
A transferência de Carlos Bueno do Penãrol para o PSG foi bastante controversa. O avançado e o seu compatriota Christian Rodriguez chegaram ao clube gaulês a custo zero, mas o Penãrol recorreu da decisão alegando que os jogadores não eram livres.
O comité de resolução de litígios da FIFA deu razão ao emblema parisiense no dia 25 de Outubro de 2005 e validou a transferência dos dois jogadores. O organismo máximo do futebol mundial considerou que a regulamentação da Federação Uruguaia de Futebol, que permite aos clubes renovarem unilateralmente os contratos dos seus jogadores, não era compatível com os princípios da nova regulamentação da FIFA.
JULIO CÁCERES DESEJADO
Carlos Paredes, recém-chegado a Alvalade, pode ver juntar-se-lhe nos próximos dias mais um seu compatriota. Julio Cáceres, possante defesa-central paraguaio – actualmente ao serviço do River Plate por empréstimo dos franceses do Nantes – está nas cogitações dos dirigentes ‘leoninos’ para fazer face à rescisão do brasileiro Moisés, apurou o Correio da Manhã.
Todo o desenho da operação que visa o resgate de Cáceres está em fase meramente embrionária, pelo que não se afigura fácil a consumação da transferência. As exibições no último Mundial da Alemanha e o facto de o vigoroso atleta estar a brilhar no River Plate, um dos mais conceituados clubes argentinos, fazem com que tenha despertado a cobiça de inúmeros emblemas nos seus serviços. Resta saber se o Sporting tem condições para suplantar a concorrência, ainda que as boas relações entre os ‘leões’ e Gilmar Veloz, agente do jogador, possam ser um trunfo. O jogador teria de rumar a Alvalade a título de empréstimo com opção de compra no final da temporada.
Ver comentários