Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
8

Carlos Secretário muito contestado

O Salgueiros 08 arrancou ontem um empate (2-2) frente ao Serzedo a um minuto do apito final, o que levou os seus adeptos a contestar o técnico Carlos Secretário – antigo jogador do FC Porto e do Real Madrid –, ao não se conformarem com o futebol extremamente defensivo e sem alma da equipa.
16 de Abril de 2012 às 01:00
Pacheco, do Serzedo, foge à perseguição do salgueirista Pedrinho
Pacheco, do Serzedo, foge à perseguição do salgueirista Pedrinho FOTO: Pereira de Sousa

Depois de uma primeira parte muito apagada – só o guarda--redes Ivo deu nas vistas com uma grande defesa, no minuto 34, após bom remate de Pacheco –, a equipa de Paranhos chegou à vantagem pouco depois do intervalo, por intermédio de Pinheiro, num ‘míssil’ à Cristiano Ronaldo, que não deu qualquer hipótese de defesa ao guardião César.

Só que uma hesitação da defesa salgueirista permitiu que Cruz empatasse aos 62’, para desespero dos adeptos locais. E como um mal nunca vem só, os problemas na equipa de Carlos Secretário agudizaram-se quando, ao minuto 73, o central Vítor Fróis derrubou na sua área o serzedense Óscar. O árbitro não hesitou e apontou para a marca dos 11 metros. Chamado a converter o castigo máximo, Ricardinho não perdoou.

Em desvantagem no marcador, o Salgueiros foi para o ataque e tentou o tudo por tudo para chegar ao empate. Vítor Fróis acabou por igualar o marcador a um minuto do final da partida, depois de Correia, Luís e Quim Simões terem desperdiçado flagrantes ocasiões por erros na finalização.

SERZEDO SALGUEIROS 08 DISTRITAL PORTO FUTEBOL
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)