Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
3

Carvalho empata Manchester United

Mourinho tinha dito que uma derrota frente ao Manchester United não iria decidir nada na Premiership. O que é certo é que o Chelsea entrou em campo para vencer, mas acabou por empatar a uma bola graças a um golo de Ricardo Carvalho, impedindo o actual líder da liga inglesa de conquistar a oitava vitória consecutiva e assim dilatar a vantagem para os ‘Blues’.
27 de Novembro de 2006 às 00:00
Carvalho foi decisivo e recolheu elogios de Mourinho
Carvalho foi decisivo e recolheu elogios de Mourinho FOTO: Phil Noble, Reuters
Perante mais de 75 mil espectadores, a formação de Manchester – com Ronaldo a cotar-se como um dos melhores – começou o jogo com mais posse de bola. O primeiro lance de perigo acabou por ser protagonizado pelo internacional português, num livre directo desviado para canto pelo guardião do Chelsea, Cudicini. À passagem da meia-hora, o francês Saha, num remate certeiro, fez o primeiro do encontro após excelente passe de Rooney.
Depois do golo, a equipa de José Mourinho – Ricardo Carvalho foi titular enquanto Paulo Ferreira e Hilário estiveram no banco – passou a dominar as operações mas sem resultados práticos.
Ao intervalo, Géremi ficou nos balneários dando lugar a Robben. Contudo, foi o M. United a ter uma excelente ocasião para dilatar o marcador, mas nem Saha nem Ronaldo conseguiram chegar a tempo a um cruzamento de Rooney.
A igualdade surgiu numa altura em que o Chelsea já justificava. Aos 70’, um canto de Lampard encontrou a cabeça de Ricardo Carvalho que fez o 1-1. Até o final do encontro a equipa de Mourinho continuou a carregar, mas não mais conseguiu transpor a bem escalonada defensiva do próximo adversário do Benfica na ‘Champions’.
CRISTIANO RONALDO LESIONADO
Ronaldo, um dos melhores do United, acabou por ser substituído a poucos minutos do final, após uma entrada dura de Ashley Cole. O jogador vai agora ser reavaliado para apurar a gravidade da lesão.
No final do jogo, Mourinho deu os parabéns à sua equipa, mas principalmente a Ricardo Carvalho. “Ele foi o homem do jogo. Quero dedicar este empate ao departamento médico que fez o impossível para recuperar Ricardo para este jogo”, afirmou o técnico ‘blue’ que considerou “justo” o resultado do encontro.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)