Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
4

CASEMIRO QUER VENCER SEVILHA

O técnico do Nacional da Madeira, Casemiro Mior, espera sair vitorioso do embate de hoje contra o Sevilha, no Estádio dos Barreiros, para a segunda ‘mão’ da primeira eliminatória da Taça UEFA.
30 de Setembro de 2004 às 00:00
O técnico brasileiro admitiu que a eliminatória “era extremamente difícil e mais difícil ficou com a derrota por 2-0, em Sevilha”, na primeira ‘mão’, mas acredita na reviravolta da contenda a seu favor. “Não iremos desistir. Pelo contrário, lutaremos pela qualificação. Se a equipa impor o seu ritmo e marcar um golo na primeira parte tudo será possível”, comentou Casemiro, prometendo que o Nacional “estará mentalmente muito forte, concentrado e empenhado em demonstrar o seu valor”.
Também o médio Bruno espera que, “com uma pontinha de sorte”, a equipa possa seguir em frente, mas alerta para as dificuldades: “Teremos de nos superar e jogar a 150 por cento para ultrapassar este objectivo difícil, mas possível”.
Eis os jogadores convocados por Casemiro Mior: Belman, Hilário, Ávalos, Cardozo, Emerson, Patacas, Cleomir, Rondinelli, João Fidalgo, Gouveia, Cléber, Fábio Santos, Marcelo, Goulart, Bruno e Nuno Viveiros.
“NÃO VAMOS FACILITAR”
Por seu lado, Joaquim Caparrós, técnico do Sevilha, espera “uma partida muito complicada”, mas promete que a sua equipa “não vai facilitar” logo à noite. “É difícil jogar contra uma equipa que ainda tem muitas ilusões, mas vamos enfrentá-los com os mesmos objectivos, que passam por vencer a partida para não pormos em causa a nossa qualificação”, explicou Caparrós
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)