Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
9

‘Cebola’ sai do carro e persegue adepto

Está de cortar à faca o ambiente no Dragão. Após a derrocada (2-3) de ontem, frente ao Leixões, alguns adeptos não pouparam críticas aos jogadores que iam abandonando o estádio. Enquanto a grande maioria do plantel reagiu com delicadeza ou ignorou as vozes protestantes, Cristian Rodríguez respondeu com insultos.

27 de Outubro de 2008 às 00:30
Rodríguez não gostou das críticas nem das comparações feitas pelos adeptos portistas no final do jogo
Rodríguez não gostou das críticas nem das comparações feitas pelos adeptos portistas no final do jogo FOTO: Marcos Borga, Reuters

O uruguaio foi um dos últimos a abandonarem o Dragão e, depois de ouvir comparações negativas entre as suas exibições no FC Porto e as no Benfica – seu anterior clube – decidiu parar o carro e envolver-se numa feia troca de palavras com os associados azuis-e-brancos.

"Respeito, tenham respeito", foram as palavras mais reproduzíveis do jogador, já nervoso, antes voltar a arrancar na sua viatura. Porém, quando tudo parecia estar ultrapassado, Rodríguez voltou a parar o carro uns metros mais à frente. Aí, não se controlou e correu atrás de um adepto dos dragões.

O CM apurou junto de fonte policial que o veículo do número 10 portista foi atingido por uma pedra, o que levou à reacção enérgica do antigo jogador do Benfica.

A intervenção das autoridades evitou o confronto físico entre Rodríguez e o homem que se viu perseguido pelo uruguaio de 23 anos. Face à confusão que se instalara no trânsito, à PSP não restou outra opção que não obrigar o jogador a seguir caminho. Não houve registo de qualquer auto de identificação ou de detenção.

Curiosamente, foram vários os atletas que pararam para ouvir a opinião dos adeptos. O guarda-redes Nuno foi um dos que deu a cara, sendo que a conversa decorreu num tom cordial. O mesmo se passaria com Tomás Costa e com Lisandro. Os dois argentinos até chegaram a escutar elogios dos adeptos.

Já quanto a ‘Hulk’, o avançado brasileiro acelerou quando ouviu as primeiras críticas.

ESQUERDA JÁ TEVE CINCO LATERAIS

Mariano González terminou o encontro de anteontem na posição de lateral-esquerdo, perfazendo o total de cinco opções de Jesualdo para o lugar, durante a presente época. Lino, Benítez, Fucile e Tomás Costa já jogaram na esquerda da defesa e até Tengarrinha foi testado nesse lugar durante a pré-temporada. O mesmo Tengarrinha foi defesa-direito no jogo (0-4) com o Sertanense, para a Taça de Portugal. Sapunaru e Tomás Costa também já actuaram nessa posição.

APONTAMENTOS

ASSEMBLEIA PROMETE

Face à actual situação do FC Porto, existe alguma expectativa relativamente a como reagirão os adeptos dos dragões na Assembleia Geral da próxima quinta-feira (20h30), na qual serão discutidas e votadas as contas do clube.

"NÃO É TRÁGICO"

O guarda-redes Nuno reagiu com tranquilidade à derrota (2-3) com o Leixões: "Não é tão trágico como pode parecer. O resultado dói-nos, mas também nos une."

REGRESSO AO TRABALHO

O plantel do FC Porto regressa hoje (10h00) ao trabalho. Fucile é a principal preocupação de Jesualdo Ferreira, já que o internacional uruguaio tem trabalhado condicionado.

 

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)