Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
3

Cerco inglês aperta Hulk

Depois de surpreender em Portugal e na Champions, faltava a Hulk a chamada à selecção brasileira para cativar, de vez, a atenção dos grandes europeus. O interesse de Manchester United e Chelsea não é novo, mas o cerca aperta-se com esta nova valorização do avançado portista.
29 de Outubro de 2009 às 00:30
 Exibições de Hulk abriram as portas da selecção e já deixaram Alex Ferguson (Man. United) entusiasmado
Exibições de Hulk abriram as portas da selecção e já deixaram Alex Ferguson (Man. United) entusiasmado FOTO: Estela silva/Lusa

Aliás, ontem em Inglaterra noticiava-se o entusiasmo do técnico do United, Alex Ferguson, com a evolução de Hulk, mas a cláusula de rescisão (cem milhões de euros) deixou o treinador boquiaberto.

José do Egipto foi quem deu a notícia da convocatória ao jogador. "Mandei-lhe mensagem e ele ligou logo para a mãe. Só espero que o Dunga lhe dê, pelo menos, 20 minutos, para ele marcar um ou dois golos. Depois não sai mais da selecção. Hulk não é brincadeira", disse ao CM o homem que acompanhou o brasileiro nos primeiros momentos da carreira e que acredita na chamada do atleta de 23 anos ao Mundial de 2010.

Já Maria do Socorro, mãe do ‘Incrível’, lançou uma explicação para a capacidade física do seu rebento, único homem entre sete filhos: "Mamou até os três anos. Quando mama muito fica forte, não é? É o que os médicos dizem."

Entre o plantel, Fernando revelou-se feliz com a chamada de Hulk, e confessou que o escrete também é o seu objectivo pessoal. "Trabalho para um dia chegar lá", afirmou o médio, que diz concentrar atenções nos jogos do FC Porto, ignorando o que fazem os adversários directos.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)