Chaves deixa dragão adormecido

FC Porto marcou no último minuto, mas árbitro mudou decisão inicial e anulou (bem) golo de Aboubakar.
Por Filipe António Ferreira|15.09.18
  • partilhe
  • 0
  • +
Entrada em falso do FC Porto na Taça da Liga. Os dragões foram surpreendidos pelo Chaves em casa, num mau jogo do campeão nacional e com polémica no final.

O jogo começou e o FC Porto fez o que lhe competia. Atirou o Chaves para o seu meio-campo, mas sem criar grandes chances de golo. Adrián Lopez (uma das surpresas) tentou de calcanhar logo a abrir. Pouco para o campeão nacional que só aos 39' conseguiu voltar a assustar: Corona livrou-se de Nuno André Coelho e cruzou para Herrera desperdiçar de cabeça. O intervalo chegou com muitos assobios, não tanto para os jogadores, mas para o árbitro Vítor Ferreira que permitiu muito antijogo e não marcou duas grandes penalidades (mão de Niltinho na área do Chaves aos 11' e agarrão de Herrera a Jefferson, 24').

O FC Porto surgiu ainda pior no segundo tempo e já sem Sérgio Conceição no banco (expulso ao intervalo por protestos). Sem velocidade e sem soluções, o FC Porto via o Chaves chegar com perigo à sua baliza. No último quarto de hora surgiram os golos e polémica. Hernâni marcou para o FC Porto, com Eustáquio a empatar aos 83'. Aboubakar, perto dos 90', sofreu penálti de Nuno André Coelho e nos descontos marcou com a mão, mas o árbitro mudou a decisão e anulou o golo. O Chaves conseguiu pela primeira vez não perder no Dragão.


pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!