Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
3

CHELSEA QUER APRESENTAR HOJE JOSÉ MOURINHO

O Chelsea anunciou ontem, num curto comunicado, que os serviços do treinador Claudio Ranieri tinham sido dispensados, o primeiro passo para a apresentação de José Mourinho como novo técnico, que continua prevista para hoje, segundo fontes do clube contactadas pelo CM.
1 de Junho de 2004 às 00:00
Mas o clube inglês ainda não tinha definido, ao fim da tarde de ontem, o acordo com o FC Porto para a rescisão do treinador, que tem ainda um vínculo de dois anos com os ‘dragões’.
Não é impossível que, através dos serviços do empresário Jorge Mendes, que tem estado na capital inglesa, tudo se defina esta noite, de modo a que Roman Abramovich, presidente do Chelsea, e Peter Kenyon, director executivo, possam apresentar hoje, como é desejo do clube, o treinador para as próximas quatro temporadas.
Mas ontem admitia-se que ainda esta manhã fosse necessário continuar as negociações para conseguir a ansiada desvinculação, pelos vistos com pormenores mais difíceis do que se imaginava inicialmente.
As grandes linhas, que passam por uma compensação para o FC Porto, estão definidas há muito, mas assinado ainda não estava nada. Baltemar Brito, Silvino, Rui Faria, André Vilas-Boas e o enfermeiro Braga estão há muito tempo à espera de ordens, mas todos eles devem acompanhar o técnico em Inglaterra.
Mesmo com um ou dois assistentes ingleses, Mourinho baterá aqui outro recorde – o do mais numeroso ‘staff’ não britânico num clube da Premier League.
Para já, a rescisão do treinador com o FC Porto parece independente do acordo para a cedência de jogadores, continuando Deco, Costinha e Paulo Ferreira a serem os três nomes que estão em cima da mesa.
A concretizar-se, será o maior negócio de sempre do futebol português e um dos maiores de sempre na Europa. Mourinho acha que tem de fazer uma revolução no plantel do clube inglês para atingir os seus objectivos.
“O Chelsea tem alguns – alguns – bons jogadores”, disse Mourinho em Londres após o jogo do seu futuro clube com o Mónaco, na meia-final da Liga dos Campeões. Veron, Crespo, Jimmy Hasselbaink são alguns dos grandes nomes que o técnico não quer na sua equipa.
ABRIR A... BOLSA
Abravovich está disposto a abrir os cordões à bolsa não só para garantir o técnico José Mourinho como também alguns reforços. Deco, Costinha e Paulo Ferreira estão na agenda do clube, para além de muitas outras vedetas internacionais como o brasileiro Roberto Carlos e o ucraniano Schevchenko.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)