Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
6

Chidi falhou papel de herói

Chidi ‘recusou’ o papel de herói do Rio Ave, ao falhar a oportunidade mais clara do jogo entre Trofense e Rio Ave, que eram e continuam a ser líderes da Liga de Honra.
21 de Abril de 2008 às 00:30
O Rio Ave e Trofense num duelo de líderes que acabou empatado
O Rio Ave e Trofense num duelo de líderes que acabou empatado FOTO: José Moreira / Record

No jogo que se disputou na Trofa, os locais, treinados por António Conceição, nunca foram capazes de impor o seu futebol e viram Chidi, avançado nigeriano dos vilacondenses, perder uma situação de golo feito, já na segunda parte, aos 51 minutos, com o guarda-redes PauloLopes no chão e completamente batido.

O jogo foi muito dividido no meio-campo e com raras situações de golo. Pairou mesmo no ar a ideia de que mais importante do que ganhar era não perder. E, por isso, só esporadicamente a bola rondou com perigo as duas balizas. A de Chidi foi a mais evidente, enquanto o Trofense só ia provocando estragos pelo defesa brasileiro Valdomiro, que cabeceou ao lado da baliza de Paiva, quando estava em boa posição.

O jogo foi tenso, com ambas as equipas a acusarem o nervosismo e a responsabilidade de estarem na liderança. Desse peso nunca foram verdadeiramente capazes de se libertar, ainda que o resultado até sirva as duas equipas, pois o Gil Vicente, que ganhou em Freamunde, ainda vem bem atrás na perseguição aos líderes – menos quatro pontos. Assim, caso o Rio Ave e o Trofense vençam os jogos da próxima semana, frente ao Varzim em casa e Feirense, fora, respectivamente e o Gil Vicente perca em casa com o Penafiel, os dois líderes da Liga de Honra poderiam até festejar na próxima semana a subida ao principal campeonato português.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)