Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
2

Chumbita contesta penhora

Chumbita Nunes, presidente do Vitória de Setúbal, revelou ao CM que apresentou ontem uma reclamação no Tribunal a contestar o pedido de penhora das receitas sadinas da final da Taça de Portugal.
17 de Maio de 2005 às 00:00
Chumbita Nunes
Chumbita Nunes FOTO: Rui Minderico
Em causa está a interposição apresentada pelo advogado de Paulo Filipe e Nélson, ex--atletas do clube em 2000 e 2004 respectivamente, por dívidas na ordem dos 250 mil euros que remontam a um processo apresentado em Outubro de 2004.
O líder sadino defende que existe já uma penhora dos passes de alguns jogadores pelo que não faz sentido “voltarem à carga para exigir a penhora das receitas. Neste momento não estou tranquilo, mas estou convicto de que a situação se vai resolver. Vamos pagar tudo o que devemos. Temos consciência que não é fácil sensibilizá-los porque o Vitória não conseguiu cumprir o pagamento e por isso fazemos mea culpa”, desabafou Chumbita Nunes, explicando que a revogação dos contratos foi efectuada por ele, mas que foram situações herdadas da direcção anterior.
Ver comentários