Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto

Chuva dita suspensão

Uma final antecipada, mas que se prolonga até ao dia de encerramento do Estoril Open. O duelo das meias-finais entre James Blake e Nikolay Davydenko foi suspenso (com 1h18 de duração) e continua hoje, às 12h00, no court central. A forte chuva que caiu ontem no Jamor, em primeiro, e a falta de luz natural, posteriormente, obrigaram a organização a esta decisão.

10 de Maio de 2009 às 00:30
James Blake viu a chuva quebrar-lhe o ritmo inicial
James Blake viu a chuva quebrar-lhe o ritmo inicial FOTO: Duarte Roriz

'A final ainda não tem uma hora certa, pois é necessário um período mínimo de descanso para o finalista, e também vai depender da duração do encontro das meias-finais', disse ontem ao CM fonte da organização, embora a agenda da prova aponte para depois das 15h00. A partida foi suspensa no segundo set, quando o norte-americano liderava por 4-2, apesar de ter perdido o primeiro set por 7-6.

A primeira interrupção surgiu aos 15 minutos, face à intempérie. O jogo seria então retomado, mas demasiado tarde para ser concluído em tempo útil.

Esta não é a primeira vez que um finalista só é conhecido no dia da própria final. Em 2000, Andrei Medvedev e Carlos Moya foram obrigados pela chuva a suspender o seu embate, que terminaria com o triunfo do tenista espanhol.

No entanto, a chuva intensa e a falta de luz não foram impedimento para Albert Montanes conseguir um lugar no jogo decisivo. O sétimo cabeça-de-série derrotou o chileno Paul Capdeville, em dois sets, com os parciais de 6-3 e 6-4 (1h16). Blake ou Davydenko – a Montanes só resta agora esperar.

'ESTORIL FICA NO MEU CORAÇÃO' (Yanina Wickmayer, Campeã do Estoril Open)

– Na véspera da final disse que entrar bem na partida seria um passo de gigante para a vitória. Mas estava errada...

Yanina Wickmayer – É verdade, estava errada! Comecei mal o encontro, a cometer bastantes erros. Entrei muito nervosa, mas depois melhorei o meu jogo.

– Qual é a sensação de vencer o primeiro torneio da carreira?

– Não tenho palavras para descrever a alegria pelo meu primeiro título. Estou muito feliz. Gostei de contar a toda a gente que tinha ganho o Estoril Open.

– O que é que pensa fazer ao prémio monetário [27 667 euros]?

– Quando tiver uma folga quero ir às compras.

– E estará de volta em 2010?

– Planeio voltar, mas não sei. Foi um bom torneio e vai ficar no meu coração. Foi o local onde ganhei o meu primeiro troféu.

COFINA RENOVA POR 5 ANOS

A Cofina renovou ontem a sua parceria com a João Lagos Sports por mais cinco anos. 'É o melhor evento desportivo de modalidades no País', disse Paulo Fernandes, presidente do conselho de administração do grupo que detém o ‘Correio da Manhã’ e o ‘Record’. 'Transformamos este evento numa oportunidade de estar com os nossos colaboradores', acrescentou.

Já João Lagos frisou 'o momento especial' por prolongar a ligação à Cofina e ao grupo Renascença.

NOTAS

SÁ PINTO: FUTEBOL NO ESTORIL

O futebol continua a marcar presença em peso no complexo do Jamor. Ontem foi a vez da visita do ex-sportinguista Sá Pinto, bem como do craque do futebol de praia Madjer.

PARES: AMERICANAS VENCEM

A dupla norte-americana constituída por Raquel Kops/Abigail Spears venceu ontem o torneio de pares, ao bater Sharon Fichman (CAN) e Katalin Marosi (HUN) por 2-6, 6-3 e 10-5.

MICHELLE: DERROTA EM MADRID

Michelle Brito falhou o acesso ao quadro principal do Torneio de Madrid ao perder com a alemã Anna-Lena Groenefeld (6-2, 6-0). A portuguesa foi eliminada do Estoril Open na primeira ronda.

SAIBA MAIS

JEJUM ESPANHOL

Desde 2001 que o Estoril Open não tem um campeão espanhol. O último vencedor foi Juan Carlos Ferrero, que bateu o compatriota Felix Mantilla. Curiosamente, Juan Carlos Ferrero esteve presente na edição deste ano, caindo na segunda ronda diante do russo Nikolay Davydenko.

78

Minutos da partida entre Nikolay Davydenko e James Blake até à falta de luz natural obrigar à suspensão do encontro.

71 700

Prémio monetário (em euros) destinado ao campeão masculino do Estoril Open. O vencedor conquista ainda 250 pontos para o ranking ATP.

PROGRAMA DE HOJE

COURT CENTRAL

A partir das 12h00:

ATP Meias-finais: Nikolay Davydenko (RUS)-James Blake (EUA) – encontro suspenso com os parciais 7-6 e 2-4

Nunca antes das 15h00:

ATP Final: Albert Montanes (ESP) – adversário ainda por definir

CENTRALITO

A partir das 12h45:

ATP Final de pares: Eric Butorac (EUA)/Scott Lipsky (EUA)-Martin Damm (CHE)/Robert Lindstedt (SUE)

 

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)