Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
2

Clijsters quer voltar ao auge

Cinco dias após ter ganho o torneio de Indian Wells, Kim Clijsters já passou a 1.ª ronda em Miami e após um longo período a recuperar de uma lesão num pulso deverá regressar ao topo do ‘ranking’ mais cedo do que previsto.
26 de Março de 2005 às 00:00
Antes de jogar, em Fevereiro, o torneio de Antuérpia, a belga, de 21 anos, disputou apenas um encontro completo nos dez meses anteriores. A lesão no pulso esquerdo e a consequente ausência de um circuito mundial em que chegou a ser a n.º 1 implicou uma inevitável descida para o 133.º posto.
Com o triunfo no milionário evento de Indian Wells, subiu para o 38.º lugar, sem conseguir, contudo, em Miami, a habitual isenção da 1.ª ronda, privilégio das cabeças-de-série. Em 46 minutos, Clijsters impôs-se à alemã Sandra Kloesel (6-0 e 6-1) e defronta amanhã a norte-americana Amy Frazier.
“Foi bom vencer um encontro rápido, mas ainda sinto que tenho muito trabalho pela frente. Quero competir sem problemas físicos e adquirir o ritmo ideal”, confessou Clijsters. “Em Indian Wells senti que estava a bater bem na bola e que estava forte em termos físicos, por isso fui melhorando gradualmente de encontro para encontro e na final o puzzle ficou completo”, acrescentou a ex-noiva do australiano Lleyton Hewitt.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)