Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
3

“Com Paulo Bento há mais alegria”

Com o Paulo Bento há mais alegria, maior vontade. Felizmente, as coisas começaram a correr bem e estamos no bom caminho", disse João Pereira pouco depois de se juntar à concentração da selecção nacional com vista ao jogo de sábado com a Noruega.
31 de Maio de 2011 às 00:30
João Pereira (à direita) atento aos movimentos de Cristiano Ronaldo no treino de ontem, em Óbidos
João Pereira (à direita) atento aos movimentos de Cristiano Ronaldo no treino de ontem, em Óbidos FOTO: Carlos Barroso

O lateral-direito do Sporting foi o primeiro jogador a chegar à unidade hoteleira em Óbidos e mostrou-se confiante num bom resultado frente à Noruega, partida decisiva na qualificação para o Euro’2012. "Estamos todos confiantes, saímos de uma situação complicada e neste momento dependemos de nós próprios", frisou o defesa. Apesar disso, reconheceu que a tarefa não será fácil: "Vai ser um jogo complicado, porque a Noruega também se quer apurar. Vai ser um jogo físico, nós vamos tentar fazer o nosso futebol mais técnico, pelo chão, para contrariar as armas fortes da Noruega", garante.

Rui Patrício, outro leão convocado por Paulo Bento, deixou um apelo ao povo português. "Aproveito desde já para pedir o apoio dos adeptos para o jogo de sábado", disse o guarda-redes, revelando estar preparado para ser suplente de Eduardo: "É normal. O treinador é quem decide, o importante é conseguir a vitória."

Por fim, destacou a importância dos dois dias de descanso concedidos por Paulo Bento. "É claro que esta pausa sabe bem. É sempre bom ter uns diazinhos para recuperar. Agora vamos trabalhar bem para conseguir a vitória", assegurou.

Hugo Almeida, avançado do Besiktas, também só pensa em vencer. "A nossa equipa é muito forte, e vamos com tudo em busca da vitória para chegar ao primeiro lugar do grupo. Está a chegar a hora das decisões, não podemos facilitar. A Noruega ainda não perdeu", frisou.

'RIVAIS' NO MESMO CARRO

Na selecção nacional não há espaço para divisões clubísticas, pelo que é frequente ver habituais ‘inimigos’ em campo colocarem de lado a rivalidade que habitualmente os separa ao longo da época.

Silvestre Varela, do FC Porto, Hélder Postiga, do Sporting, e Carlos Martins, do Benfica, demonstraram a camaradagem que impera no grupo das quinas e chegaram juntos, no mesmo carro, à concentração da Selecção, por sinal, ligeiramente atrasados. O trio foi mesmo o último a comparecer na unidade hoteleira em Óbidos, 15 minutos depois das 12h00, a hora limite definida pelos responsáveis da Federação para a concentração.

Curiosamente, estes três jogadores partilham percursos semelhantes, ainda que em direcções opostas: todos envergaram a camisola de dois dos ‘grandes’ nacionais – Carlos Martins, do Sporting e do Benfica; Varela, do Sporting e do FC

Porto; Hélder Postiga, do FC Porto e do Sporting – e já vestiram (ou ainda vestem, no caso do avançado) de leão ao peito.

FÁBIO COENTRÃO LEVA MARISCOS PARA ÓBIDOS

Filho de pescadores de Vila do Conde, nascido no bairro das Caxinas, Fábio Coentrão chegou a Óbidos com uma surpresa no porta-bagagens. O ainda jogador do Benfica levou vários sacos cheios de marisco que vão certamente fazer as delícias dos colegas de equipa, treinadores e dirigentes da FPF.

Na iminência de assinar pelo Real Madrid, o lateral-esquerdo diz estar disposto a fazer sacrifícios para actuar nos merengues. "Trabalharia para jogar em qualquer posição, deixaria tudo e jogaria onde o mister Mourinho quisesse. Menos a guarda-redes", vincou, em entrevista ao diário espanhol ‘Marca’.

SELECÇÃO PAULO BENTO ÓBIDOS RONALDO COENTRÃO
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)