Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
9

Confio na vitória

Jovem e ambicioso. João Moutinho, o médio promovido por Peseiro na corrente temporada, está confiante numa boa prestação amanhã, frente ao Feyenoord, diz-se “pronto” para ser titular e garante mesmo que “o Sporting é favorito”. “Estou confiante na vitória. Vamos à Holanda para ganhar.
23 de Fevereiro de 2005 às 00:00
Não vamos jogar para o empate, mas sim para marcar golos e vencer”, justifica o mais recente talento a emergir da ‘cantera’, mesmo reconhecendo a qualidade dos holandeses. “É uma boa equipa, mas temos toda a capacidade para os vencer”, disse.
E nem as ausências de Beto e Polga por lesão, e de Custódio e Peseiro, castigados, serve para lhe retirar confiança. Porque “há jogadores que estão preparados para entrar e dar o seu melhor. O castigo ao mister Peseiro é injusto... é sempre bom ter o mister no banco, mas acho que vamos conseguir superar isso e vencer o Feyenoord”, revelou, optimista e pronto para ser titular. “O treinador é que sabe. Ele é que decidirá, mas sinto-me preparado. Se não acontecer vou continuar a trabalhar. A minha ambição é afirmar-me no Sporting”, lembrou, crente também “na conquista da SuperLiga”.
MOTA TRISTE
Mas se Moutinho tem razões para se sentir feliz, o mesmo não acontece com Mota. O brasileiro voltou a ser preterido na convocatória e o seu empresário, Emerson Damasceno, confirmou a insatisfação do goleador. Convocados: Nélson, Ricardo, Hugo, Enakarhire, Miguel Garcia, Mário Sérgio, Paíto, Rui Jorge, Miguel Veloso, Rogério, Carlos Martins, Pedro Barbosa, Tello, Rochemback, João Moutinho, Hugo Viana, Niculae, Sá Pinto, Douala e Liedson.
Ver comentários