Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto

Costinha deixa sair Djaló por 5 milhões

Costinha prometeu deixar sair Yannick Djaló em Janeiro, se aparecer uma proposta para o Sporting de cinco milhões de euros, apurou o Correio da Manhã.
5 de Dezembro de 2010 às 00:30
Yannick Djaló ganha actualmente 18 mil euros líquidos por mês em Alvalade
Yannick Djaló ganha actualmente 18 mil euros líquidos por mês em Alvalade FOTO: Paulo Novais/Lusa

O director para o futebol tem consciência de que o avançado pouco se tem valorizado e que pretende rumar a uma liga estrangeira, por não ver o seu valor reconhecido na folha salarial – Costinha prometeu mesmo um aumento ao jogador, que recebe 18 mil euros, mas ainda não passou das palavras à acção, o que está a deixar Yannick agastado.

O CM sabe que os russos do Zenit estão a acompanhar o avançado com atenção, até porque já se fala na saída de Danny. Os responsáveis do clube russo vêem em Djaló um jogador com características idênticas às de Danny, nomeadamente pela velocidade e versatilidade a jogar no ataque.

O Birmingham, de Inglaterra, também se tem desdobrado em observações ao jogador, que gostava de jogar na Liga inglesa. Na Alemanha, o Colónia desistiu do atleta, mas apareceu o Hoffenheim, antigo clube de Hildebrand.

Relativamente ao guarda-redes internacional alemão, o Correio da Manhã sabe que o jogador já comunicou a companheiros que tenciona sair de Alvalade já em Janeiro, na reabertura do mercado. Houve, de resto, uma sondagem de um clube italiano que procura um guarda-redes experiente, e o nome de Hildebrand foi sugerido. O jogador quer um clube no qual possa ser titular, pois em Alvalade sente que está tapado por Rui Patrício.

"PORTIMONENSE É PERIGOSO"

"Não começámos a prova com regularidade, mas quem nos garante que o que nos aconteceu a nós não irá acontecer aos outros?", disse ontem Paulo Sérgio, frisando que o campeonato ainda é o "principal objectivo da equipa". "Temos que nos manter empenhados em melhorar e concentrados no objectivo imediato, que se chama Portimonense", salientou. "É um adversário difícil, cuja classificação não espelha o valor que tem, perigoso na transição ofensiva, com jogadores velozes e com bom índice técnico. Preparámo-nos para estas características e estamos optimistas, motivados e conscientes do que nos espera", garantiu. O técnico leonino também analisou o rendimento de Maniche. "Tem sido um elemento muito válido, no qual confiamos. Precisamos da sua experiência e qualidade futebolística. Sabemos que cometeu erros, e não os queremos ver repetidos, mas a sua qualidade é inegável", frisou.

PAULO SÉRGIO NÃO PENSA EM REFORÇOS

Paulo Sérgio optou por falar nos atletas que tem à disposição, quando questionado sobre a possibilidade de o Sporting se reforçar no mercado de Inverno. "O meu objectivo é tirar o melhor de cada um destes jogadores e transmitir-lhes confiança. O pensamento é sempre melhorar", disse o técnico leonino, garantindo que não vive obcecado com a reabertura do mercado em Janeiro. "Não estou desesperado por reforços. Estão identificadas posições que podiam estar melhores, mas não penso nisso, e o Costinha já disse tudo o que havia a dizer sobre o assunto. Não irei especular mais sobre esse assunto", vincou. Recorde--se que esta semana o director para o futebol do Sporting, Costinha, admitiu a possibilidade de ir ao mercado. "Tudo depende da forma como se processar o mercado e das oportunidades que surgirem. Contratar por contratar, não", explicou.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)