Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
2

CR9 imune a insultos

"Entra por um ouvido e sai pelo outro." Foi desta forma que Cristiano Ronaldo reagiu aos insultos dos adeptos do Osasuna durante a última partida do Real Madrid em Pamplona (0-0).
6 de Janeiro de 2010 às 00:30
Cristiano Ronaldo transforma os apupos em energia positiva
Cristiano Ronaldo transforma os apupos em energia positiva

O craque português está já habituado, desde os tempos do Manchester United, a ter recepções hostis e no domingo em pleno Estádio Reyno de Navarra ouviu-se cânticos como: "Morre Ronaldo" ou ainda "Português filho da p..."

Ronaldo sabe que é foco de grandes paixões negativas e positivas, mas é algo que encara já com naturalidade: "Não me afecta, mas é óbvio que, quando fazemos as coisas bem, aplaudem-nos muito mais. Quando acontece o contrário é óbvio que sentimos muito mais pressão."

Mas esta pressão sobre o melhor jogador do Mundo em 2008 não é exclusiva da Liga espanhola nos jogos fora do Santiago Bernabéu. Também na Champions, os insultos dos adversários acontecem para desestabilizar CR9, algo que normalmente serve como factor motivacional.

Que o digam os adeptos do Marselha. Durante a última partida entre o Real e os franceses em pleno estádio Velódrome, o jogador foi apupado, assobiado e insultado. Conclusão: foi uma das figuras dos merengues ao apontar dois dos golos com que a equipa espanhola venceu o Marselha (3-1). Recentemente, o jogador disse gostar dos assobios: "Adoro ver o ódios nos olhos deles."

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)